3 de fevereiro de 2016

Frase do dia

Se você quiser criar inimigos, tente mudar alguma coisa. (Woodrow Wilson)

Repercussão

A saída do Vitor Carvalho dos Santos do comando da secretaria de trânsito e ordem pública deu, como previsível, uma verdadeira “sacudida” no cenário municipal. Vale o registro das duas manifestações abaixo, uma das quais de uma colaboradora sincera e leal ao atua prefeito.

– Uma grande perda para nós, munícipes! Mas a amizade continua e sou sabedor de suas virtudes como, competência, lealdade, humildade, honestidade. Sou cidadão mangaratibense há mais de 25 anos, e ainda não tinha visto alguém como você, trabalhando dia e noite, com afinco, em prol da nossa população. Mas isso tudo incomoda os poderosos. Eles não chegam lá e se perturbam. Você saiu de cabeça erguida, vai dormir tranquilo, em paz, sabedor que cumpriu com dignidade seu dever. Bola pra frente, porque essa administração não te merece. Parabéns e obrigado por tudo. Abração, amigo! (Antonio Carlos Freire)

– Lamento também o ocorrido, pois de fato, a determinação do Sr. Vitor Carvalho na questão dos carros de som e dos transtornos no trânsito, foram inquestionáveis e eu como contribuinte, tenho que agradecer todo empenho do profissional incansável. (Leila Castro)

O dia seguinte

Carta aberta do ex-secretário Vitor Carvalho, após a confirmação de sua exoneração do cargo. “Agradeço sinceramente a todos que carinhosamente tem estado ao meu lado, parabenizando minhas atitudes. Em razão do interesse em saber a motivação para minha exoneração e para não deixar qualquer pergunta sem resposta bem como, para sobrestar falsas notícias possivelmente divulgadas, exponho os fatos a seguir: Quando fui chamado pelo Prefeito Rui Quintanilha, deixei bem claro que ele não veria meu nome ligado a qualquer falcatrua e que não promoveria perseguição aos funcionários públicos, comerciantes e contribuintes. Apenas cobraria e organizaria fiscalização exemplar, sobre aqueles que descumprissem a legislação de trânsito.  Como infelizmente pude constatar posteriormente, as decisões e determinações eram elaboradas sem discernimento e avaliação, sobre o correto e errado, e que todos deveriam agir e pensar como ele. No mínimo, pensou que eu seria mais um a cumprir as ordens sem avaliação e bom senso.
Os fatos que levaram a minha exoneração foram: Recebi ligação de um “ Secretário “, informando-me que havia determinação para fechamento de rua.  Como é de meu conhecimento, toda a população de Mangaratiba sabe quem é o referido “Secretário”, conivente e cumpridor de todas as decisões equivocadas do Prefeito.  Semana passada o “secretário”, mais uma vez usando o nome do Prefeito, solicitou que fosse cometida mais uma arbitrariedade. De imediato disse que tais atribuições deveriam ser cumpridas pelo pessoal dele e se ele próprio quisesse fazer que fizesse. Eu não participaria ou exporia os agentes sob minha responsabilidade. Mas, mesmo assim, por não confiar em determinadas pessoas, resolvi verificar pessoalmente e constatar com meus próprios olhos o que estava ocorrendo. Para minha surpresa, um funcionário do “Secretário” tinha atravessado um carro no acesso a travessia da linha férrea, impedindo o tráfego de veículos, e determinado a dois funcionários “MEUS”, sem minha autorização, que ficassem sob sol de aproximadamente 40º graus, sem água e banheiro, cumprindo a determinação do Prefeito irresponsável e inconsequente, ao fechar a orla marítima, que se encontrava vazia e sem qualquer transtorno, mesmo com a passagem sob a linha a férrea, conhecida como pontilhão, aberta. A medida supra, só causava transtorno aos moradores e comerciantes e nada de didático, a nível de possível teste, acrescentava. De imediato encerrei aquela ação desastrosa e inócua, relatando ao “ Secretário” que, sem minha prévia autorização, utilizava os funcionários do trânsito, que aquele tipo de arbitrariedade deveria ser imposta aos servidores sob a tutela dele, pois os servidores do trânsito são orientados a só cumprir o que determina a lei! Horas depois, recebi ligação do Presidente da Câmara, Vereador Vitinho, informando que o Prefeito havia ligado e dito que me exoneraria da função pública. De imediato respondi “ GRAÇAS A DEUS”! Esta desvinculação me livrou da irracionalidade e irresponsabilidade, pois tenho que preservar e zelar pelo meu nome no município! Meu nome não estar mais associado as ações desastrosas, que são baseadas em informações equivocadas, desencontradas e sem fundamentos técnicos, fornecidas por grupelho conselheiro de confiança do chefe do executivo, são um alívio! Infelizmente, o grupelho não nutre o mínimo de respeito e bom senso para com a sociedade e os contribuintes de Mangaratiba. Vou continuar morando e “vivendo” em Mangaratiba pois muitos moram mas, “não vivem” em Mangaratiba. Mangaratiba está no meu sangue e pulsa no meu coração! O sangue que só o verdadeiro Mangaratibense tem, que foi herdado de meus pais, passado aos meus filhos e netos! Só quem tem esse amor, esse sangue, entende! Continuarei andando de cabeça erguida e quiça outros, que participaram ou participam de funções públicas, pudessem fazer o mesmo! Consciência tranquila e mãos limpas, não tem preço! Eclesiastes 7:11 “ A sabedoria é algo tão bom quanto uma valiosa herança, e é uma bênção para todos quantos vivem debaixo do sol. ” FIQUEM TODOS COM DEUS, MEUS AMIGOS! O TEMPO É O SENHOR DA RAZÃO E O FUTURO SE AVIZINHA!

Política da roça

Apesar de estarmos a menos de oitenta quilômetros da segunda mais importante cidade do país, apesar de já termos tido dois prefeitos cassados por conta de irregularidades catalogadas na conta do “isso não vai dar em nada”, as práticas políticas locais continuam seguindo o mesmo trilho dos rincões dominados por “coronéis”. Há algumas semanas, a coordenadora da terceira idade, reconhecida pelo excelente trabalho que realizava, foi exonerada do cargo porque seu filho havia participado de um movimento pela recuperação do buraco da RJ 14 no Sahy. Ontem, chegou ao conhecimento do blog que uma funcionária, com treze anos de trabalho na prefeitura e onze meses exercendo um cargo de coordenadora, também foi exonerada sem maiores explicações. O motivo, “ter sido vista” conversando com um morador de Itacuruçá que, possivelmente, será candidato a prefeito.

A propósito

Ainda sob a hastag “#política na roça” vale registrar que a “coisa por aqui funciona” do seguinte modo: Após ser vista conversando com o ex-prefeito, a funcionária recebeu um telefonema comunicando que estava exonerada e que não deveria, a partir daquele momento, nem assinar ponto, nem comparecer ao local de trabalho. Só faltou esvaziarem suas gavetas e jogar todo o conteúdo na rua.

Ano letivo

Em inúmeras cidades brasileiras o ano letivo começou nessa segunda-feira. Em Mangaratiba, a previsão era que as aulas iniciariam no dia 15, primeira segunda-feira após o carnaval. Ao que parece, no entanto, a “molecada” só voltará aos estudos na primeira semana de março, por conta da necessidade de prazo para a conclusão do processo de efetivação dos novos professores aprovados no último concurso. Considerando que, por lei, o ano letivo deve ter obrigatoriamente pelo menos duzentos dias, o calendário escolar ficará bem apertado neste ano de 2016.

Carnaval no coreto

Morador antigo do distrito e pessoa querida da comunidade, o “Buzuca” decidiu organizar uma bem vinda novidade para o carnaval de Itacuruçá. Sua proposta, já autorizada pela prefeitura, é de realizar, em todos os dias de carnaval, mini-bailes carnavalescos para a terceira idade ao redor do coreto em frente à Igreja de Santana. A ideia retoma a tradição, há muito esquecida, onde os coretos eram o principal “point” do carnaval.

Carnamar

A prefeitura finalmente divulgou a realização do Carnamar 2016, que acontecerá no próximo domingo. A Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer da Prefeitura de Mangaratiba está preparando uma grande festa para comemorar a 20ª edição da principal atração do carnaval da cidade. A expectativa do setor é reunir cerca de 300 embarcações na festa marítima com uma premiação de R$ 15 mil. Os interessados podem concorrer nas categorias “Alegoria”, “Animação” e “Originalidade”. Também haverá a entrega de troféus e cheques simbólicos aos melhores em cada categoria.  A concentração das embarcações será na Praia Grande (Ilha de Itacuruçá), às 11h. A Secretaria de Turismo informa que as inscrições serão realizadas no Centro de Informações ao Turista (cais da igreja) antes da largada. No momento da inscrição os interessados devem anexar a cópia do Título de Inscrição da Embarcação e informar em qual categoria deseja participar. O regulamento do evento também ficará disponível no Centro de Informações.

Procissão

Ao melhor estilo “política na roça”, os distritos do município presenciaram, na manhã de ontem, o desfile dos novos automóveis adquiridos pela prefeitura acompanhados pelas ambulâncias, de sirenes abertas, alugadas para servir à secretaria da saúde.WP_20160202_11_52_46_Pro

Batom na cueca

Documentos revelam que Lula, a alma viva mais honesta deste País, e família viajaram 111 vezes ao sítio de Atibaia. Seguranças, designados para acompanhar o ex-presidente por força de lei, receberam quase mil diárias do Planalto para ficar 283 dias em imóvel que ex-presidente afirma ser de “amigos”

Anúncios

Uma resposta em “3 de fevereiro de 2016

  1. Temos que resaltar que o serviço prestado pelo ilustre Sr. Luis Fernando (BUZUCA) é em carater voluntário e sem fins eleitoreiros, sim como o Sr. dono do Blog informou preservar as tradições da CIDADE.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s