30 de janeiro de 2016

Frase do dia

Ninguém sente a dor dos outros, ninguém entende a alegria do outro. (Franz Schubert)

Surpresa

Algumas das mais agradáveis experiências para quem gosta de viajar de carro são as surpresas que a natureza nos reserva a cada curva do caminho. Foi assim que um veranista, com residência permanente no município, decidiu passear com a família na Serra do piloto. Na volta, na última curva que lhe daria uma visão ampla da praia do saco, ele se deparou com o inesperado, uma carcaça de automóvel. Sua expectativa de deparar-se com um quadro daqueles considerados “indescritíveis”, acabou ofuscada pela possibilidade de tratar-se de um “cemitério de carros roubados.” Na sua linha de visão havia um automóvel queimado que sequer dava para se indentificar a marca.Screen Shot 01-29-16 at 08.36 PM

Para lembrar

As eleições suplementares de Mangaratiba vão ocorrer devido à cassação do prefeito Aarão de Moura Brito Neto e de seu vice por abuso de poder político e uso indevido de meios de comunicação. A cassação foi motivada por um fato ocorrido em 7 de abril de 2008, último dia permitido pela legislação eleitoral para a revisão salarial de servidores públicos, tendo em vista o calendário eleitoral daquele ano. Na data mencionada, Aarão enviou à Câmara de Vereadores um projeto de reestruturação de cargos e salários que aumentava em 41,4% os vencimentos de 1.450 servidores municipais. Sancionada em 3 de julho, a Lei Complementar nº 6 do município teve os benefícios alardeados durante a campanha eleitoral, com amplo apoio de alguns jornais locais. Porém, o prefeito Aarão Neto revogou a lei 15 dias após ser reeleito. (Fonte: Ministério Público do Rio de Janeiro)

Mesmo assim, teremos carnaval

A revista inglesa The Economist, uma das editorias de economia mais importante do mundo, traz, mais uma vez, críticas sobre a situação econômica brasileira e a crise política no país. As doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti e o ‘alerta das autoridades de saúde’ também foram citados na publicação. A revista criticou ainda a inércia dos políticos, em recesso desde dezembro, em resolver os entraves do Brasil por causa da obsessão com o processo de impeachment da presidente Dilma. De acordo com a publicação, os próprios parlamentares reconhecem que não há votos o bastante para avançar com o processo, mas que o objetivo é ‘minar a presidente’. Outro ponto negativo destacado na publicação é o aumento da taxa de desemprego, uma novidade para a população mais jovem. A revista destaca também a previsão do Fundo Monetário Internacional (FMI) de retração de 3,5% do Produto Interno Bruto (PIB) e a inflação batendo na casa dos 11%. A reportagem completa pode ser vista no site (em inglês) da revista: http://www.economist.com

É lei

De acordo com o art. 42 da Lei das Contravenções Penais, perturbar o trabalho ou o sossego alheios com gritaria ou algazarra; exercendo profissão incômoda ou ruidosa, em desacordo com as prescrições legais; abusando de instrumentos sonoros ou sinais acústicos; provocando ou não procurando impedir barulho produzido por animal de que tem a guarda é crime e tem como pena prisão simples, de quinze dias a três meses, ou multa. Confira: http://bit.ly/1U2PfLP

Em Mangaratiba

Nestes tempos em que todos possuem celulares com câmera, a fiscalização e repressão aos descalabros que acontecem no município, especialmente no período de carnaval, ficou muito mais fácil. Basta registrar o fato e comunicar à equipe do choque de ordem da prefeitura pelo whattsapp. Até quem faz oposição ao atual governo pode usar o canal, nem que seja para dizer depois que denunciou e que nenhuma providência foi tomada. (NR. Esta postagem será diária até depois do carnaval)Ordem pública

O tamanho da trama

Ao investigar o escritório de advocacia Mossack Fonseca, com sede no Panamá, suspeito de criar empresas de fachada para clientes em vários países, a Lava Jato chegou a  um suposto esquema global de acobertamento de atividades ilícitas, definido como dos mais complexos apurados ao redor do mundo atualmente. No Brasil, a Triplo X, mais nova fase da Operação Lava Jato, investiga se a Mossack Fonseca abriu offshores para esconder a propriedade de apartamentos que eram da Cooperativa Habitacional dos Bancários, mas, em 2009, acabaram assumidos pela empreiteira OAS. Reportagem de uma rede global de jornalismo investigativo, mostrou em dezembro de 2014 que investigações internacionais começaram a apontar o Mossack Fonseca como um dos maiores criadores  de empresas de fachada no mundo. A reportagem caracteriza como “uma fábrica de empresas-laranja”, que trabalha para oligarcas, que lava dinheiro para ditadores. Contudo, segundo a publicação, a Mossack Fonseca tem usado uma variedade de truques jurídicos e de contabilidade que têm permitido seus clientes a voarem sob o radar. A depender da denúncia desta operação, ainda em produção, a Lava Jato terá avançado sobre esquemas que nem mesmo outras autoridades no mundo alcançaram, embora muitos tivessem pistas de sua existência. Uma investigação em curso em Nevada, nos EUA, envolvendo um fundo, pode desvendar como a Mossack Fonseca teria supostamente desviado dinheiro público, lavando-o através de empresas de fachada, para empresários ligados à família Kirchner, da Argentina. Na sentença, de março de 2015, o juiz Cam Ferenbach, diz que há “suspeita razoável” de que os empresários argentinos teriam desviado fundos públicos para essas empresas criadas pela Mossack Fonseca e determina mais investigação e obtenção de outros documentos. Desde os anos 70, ainda de acordo com a publicação, o escritório de advocacia tem expandido operações e agora trabalha com escritórios afiliados em 44 países, incluindo Bahamas, Chipre, Hong Kong, Suíça, Brasil, Luxemburgo, Ilhas Virgens Britânicas e os Estados Unidos. (Fonte: Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s