14 de dezembro de 2015

Frase do dia

A pior briga de casal é a briga depois da briga, pra saber quem começou a briga. (Ary Toledo)

Sofás

Ao que parece, muita gente está fazendo renovação dos móveis de casa. Pelo menos é o que nos leva a crer a quantidade de móveis, entre sofás e armários desmontados jogados nas esquinas, especialmente nos lugares onde o poder público já passou recolhendo os monturos e galhadas. Esse abaixo estava na Praia do Saco. Amanhã publicaremos outros em Itacuruçá.Sofás

Para acompanhar

Amanhã, terça feira, às 14:00 horas, ocorrerá a segunda votação na câmara do orçamento para o ano de 2016. É importante que a população compareça para demonstrar o quanto estamos interessados no futuro de nosso município.

Lá como cá?

Recentemente uma enfermeira foi demitida porque dançou durante o plantão, isso seria segundo os falsos moralistas, vergonhoso para um profissional da enfermagem. Agora eu pergunto: É mais vergonhoso dançar ou trabalhar com este avental, dentro de uma UTI cheia de pacientes com isolamento de contato? Pois foi assim que trabalhei ontem. Vergonha senhores, é para um profissional trabalhar arduamente e receber um salário de miséria, é receber 40 reais de insalubridade, o que não pagaria nem um frasco de antibiótico. É trabalhar sem beber água, porque o bebedouro do setor está quebrado há anos. É trabalhar com fome, porque a refeição não foi suficiente para todo mundo. É comer RDA (resto do almoço) batido no liquidificador com nome de sopa. E ainda humilhar os profissionais contratados, dizendo, que quem não estiver satisfeito é só dar a vaga para outro. Verdadeiramente amo o que faço, mas preciso ser respeitada enquanto pessoa e enquanto profissional. Desculpem o desabafo, é apenas minha revolta diante de um país corrupto onde a saúde é tratada com total descaso. (Márcia Gomes, Secretaria de Estado da Saúde, Governo da Paraíba.)

Filme de suspense

Na última semana o Brasil parou para acompanhar o caos que se instalou na Câmara dos Deputados por conta do vai e vem na abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff e das tramóias criadas por Eduardo Cunha para se manter no poder. Enquanto nobres parlamentares trocavam tapas, acusações e se esmeravam em destruir urnas eletrônicas, o Tribunal Superior Eleitoral acelerou ainda mais os processos que apuram irregularidades na campanha de reeleição de Dilma e que podem, em última instância, cassar não só o mandato da presidente, mas também do vice Michel Temer. Hoje são cinco os procedimentos instaurados no TSE que podem, a depender de uma decisão do Tribunal, tornar-se um só processo. Nas últimas semanas as investigações avançaram com mais rapidez após a Corregedora-Geral Eleitoral, ministra Maria Thereza de Assis Moura, receber um vasto volume de informações que foram levantados pela força tarefa da Operação Lava Jato. Em diferentes depoimentos e delações premiadas há denúncias e citações de que recursos desviados da Petrobras e de empreiteiras que tinham contrato com a estatal foram parar no caixa de campanha do PT.

Filme de suspense II

O foco nesse momento é descobrir se empresas ligadas ao Partido dos Trabalhadores e que prestaram serviços durante a campanha foram abastecidas com recursos de origem criminosa. Duas empresas estão sob a mira da Polícia Federal por determinação do ministro Gilmar Mendes. De acordo com o inquérito aberto pela PF, a Focal Comunicação Visual recebeu R$ 24 milhões para montar os comícios da candidata, enquanto cerca de R$ 23 milhões foram pagos à VTPB serviços Gráficos para intermediar a contratação de serviços de impressão de santinhos. As suspeitas apontadas por Mendes incluem, entre outros problemas, uso de notas frias e ocultação de despesas. A prestação de contas foi aprovada com ressalva pelo plenário do TSE em 11 de dezembro de 2014, mas na avaliação de Mendes evidências de irregularidades surgiram no decorrer de 2015, algumas delas reveladas pela Lava Jato. No caso da empresa VTPB há suspeitas de que a empresa tenha sido remunerada com recursos desviados da Petrobras, como sugeriu empresário Ricardo Pessoa, da UTC Engenharia em delação premiada.

Filme de suspense III

A chegada ao TSE de documentos da Lava Jato ajudará a esclarecer essas suspeitas. Às vésperas do primeiro turno das eleições de 2014, Pessoa teve encontros com o tesoureiro do partido, que teria vinculado uma eventual vitória de Dilma à manutenção de contratos da empreiteira com a Petrobras. O PT rechaça as acusação de irregularidades nas contas eleitorais de Dilma. A presidente Dilma Rousseff deve ser notificada nas próximas semanas para apresentar sua defesa. Ao contrário do que acontece no Congresso, a decisão do TSE pode afastar não só Dilma, mas também Michel Temer. O julgamento, nesse caso, envolve a chapa, não um candidato ou outro.  (Marcelo Rocha, Revista Isto é)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s