20 de agosto de 2015

Frase do dia

Todos estamos matriculados na escola da vida, onde o mestre é o tempo. (Cora Coralina)

Rede Globo

Equipes da rede Globo de televisão estiveram ontem no município com vários carros de reportagem e até mesmo um helicóptero. Utilizaram como base o hotel Mont Blanc e a área gramada da marina de Itacuruçá para pousos e decolagens do helicóptero.

Ampla

Não choveu e nem ventou, mesmo assim, a noite de terça e madrugada de quarta-feira foram marcadas por seguidas interrupções no fornecimento de energia da Ampla. Vários moradores relatam que tiveram aparelhos eletroeletrônicos danificados e que cobrarão da empresa o devido ressarcimento. Para a noite de ontem, o serviço nacional de meteorologia previa fortes vendavais na região sul fluminense. Até parece que os defeitos da rede elétrica da empresa se anteciparam aos fatos.

A propósito

Os seguidos “picos de energia” agravaram as condições já precárias da antena de link da internet do provedor de Itacuruçá fazendo com que os assinantes ficassem sem acesso à rede durante toda a manhã, sendo o sinal restabelecido (ainda de forma precária) no início da tarde. A empresa promete, para amanhã, a instalação de um novo link que pretende solucionar o problema.

Enquanto isso

Em Mangaratiba, na região da Praia do Saco, a Net, empresa de Tv a cabo e internet, já está disponibilizando assinaturas para interessados. Quem já recebeu a oferta reclama, no entanto, que os “pacotes” são muito caros.

Saúde

“O hospital de Mangaratiba marcou um exame para um paciente que está enfermo e muito debilitado. No dia marcado, o paciente se deslocou da sua casa (Serra do Piloto às 06hs da manhã) até o hospital no centro de Mangaratiba. Para surpresa dos familiares e do paciente, o aparelho que iria realizar o exame estava quebrado. Cadê o juramento que foi feito na formatura? Cadê o comprometimento com o povo? Obs: e olha que o chefe do executivo é médico! Imagine se não fosse.” (José Carlos Simões, ex-vereador)

Turismo

Assim se manifesta o subsecretário de turismo: “Há dois meses a Sec tur vem elaborando o novo planejamento turístico a pedido do prefeito Dr Ruy Quintanilha, dentro das limitações e necessidades do município pra que ações sejam colocadas em prática , desenhando um perfil totalmente sustentável que opere na legalidade, podemos antecipar que o trabalho começou a fluir e as parcerias sendo firmadas. O cadastro e a legalização do transporte náutico já é fato prometendo garantia de sustento através do ordenamento e fiscalização efetiva aos ilustres moradores que fazem uso do segmento. Todo o mapeamento dos polos turísticos foi reavaliado, incluindo as trilhas ecológicas priorizando infraestrutura, sinalização, serviços e segurança . O município terá atrativos roteirizados e um grande polo em cada distrito ou destino. Um acordo de consultoria, capacitação de equipe e assistência técnica com o Instituto Ideias também é parte do pacote que definirá o futuro turístico mediante Inventário da Oferta.  Ocódigo de posturas está sendo reavaliado tendo como proposta prioritária toda a orla a começar pelos quiosques que terão reconhecimento com direito a bandeira de qualidade através da visibilidade de suas fachadas, instalações e serviços. Outra novidade em pauta é a criação dos Patrulheiros Mirins do Turismo para atuarem em nosso receptivo. Será a vez dos adolescentes absorverem a importância do turismo e a preservação do bem maior que temos , nossa história, patrimônio e atrativos naturais.” (Roberto Monsores, em rede social)

Enquanto isso

O projeto de trabalho merece os mais efusivos aplausos, especialmente nesses tempos em que hotéis e pousadas do município enfrentam problemas. A taxa de ocupação da maioria nunca foi tão baixa. Com a desaceleração econômica dos empreendimentos em Itaguaí, alguns hotéis e pousadas ficaram tão vazios que estão em vias de fechar as portas.

A propósito

Dois participantes do evento de ciclismo do último final de semana no Rio de Janeiro, vieram conhecer o município. Hospedaram-se eum uma pequena pousada de Itacuruçá e, na manhã da última segunda-feira, a título de “treino”, fizeram o percurso de ida e volta entre Itacuruçá e Rio Claro. Cumpriram o trajeto em cerca de quatro horas em cada sentido. Foram embora maravilhados com as belezas da região.

Prioridades

Na última terça-feira, um grupo de professores e populares realizou manifestação na praça Robert Simões contra o prefeito Dr. Ruy Quintanilha e o atual secretário de integração governamental José Luiz do Posto. Os professores cobravam condições de trabalho, material, contratação de pessoal e pagamento do décimo terceiro. A revolta se deu depois que o prefeito e o vereador realizaram na praia a festa dos motoqueiros, bancada com dinheiro da prefeitura e ainda com um projeto do vereador licenciado que pretende construir uma pista de competição de carros na área da Expo ao custo de três milhões de reais. (Da página em rede social denominada El Ranchito)

Prioridades II

Sou mãe e como mãe e cidadã estive junto com a classe da educação para protestar e pleitear seus diretos! O sr prefeito se quer se deu ao trabalho de pedir para que uma comissão de representantes da educação fosse a prefeitura para negociar! A secretária de educação passou o que já estávamos careca de saber, pois foi publicado ontem aqui mesmo no grupo. Foi dito aos funcionários da educação que no próximo mês haverá outra reunião para resolver as questões da educação. Ah esqueci de dizer que eles alegam que não resolveram ainda por culpa da empresa Vale, vocês acreditam? Diante de tal argumento ficou mais do que provado que educação realmente não é prioridade para os políticos de Mangaratiba! A educação tem que esperar a Vale, mas licitação de mais de dez milhões para agenciar artistas em festas tem! Conceder crédito suplementar para a câmara tem! Com certeza está havendo uma inversão de valores muito perigosa e desumana em nosso município onde educação e saúde passaram a ser supérfluos e a pajelança com o dinheiro público a real prioridade. (Joeli Mariz, via facebook)

Porta de saída

Sem uma explicação, como um pedido de desculpas, a presidente Dilma Rousseff vai continuar afastada de um segmento que votou nela e se decepcionou. Durante a campanha eleitoral de 2014, Dilma disse que o Brasil iria bombar em 2015, que não faria ajuste e que não haveria tarifaço de energia. Quem votou na presidente e convive hoje com inflação na casa dos 10% ao ano, tarifaço e aumento de desemprego deve se sentir traído por ela. Mas Dilma continua a terceirizar a culpa para a crise internacional. Pedir desculpa não é uma saída fácil. O tom deve ser bem medido. E uma ruptura com Lula, como sonham os tucanos, seria perder o principal aliado. No entanto, desculpar-se de modo crível parece ser a única saída para a construção de uma narrativa que permita uma recomposição com uma parcela do eleitor dilmista desiludido. Por isso, uma eventual admissão de erros tem sido debatida, sim, pela presidente e pelo PT. Na entrevista da semana passada, a presidente chegou a dizer que não achava que não tinha errado. Estimulada a dizer onde havia cometido erros na economia e na política, disse que poderia ter se esforçado mais para destravar nós da infraestrutura e não foi além disso. Dilma tem dificuldade de admitir erros. Na mesma entrevista, deu uma declaração importante. Concordou que ter dito uma coisa na campanha e feito outra no governo poderia permitir a leitura da população de quebra de promessas eleitorais. E falou: “Eu tive a coragem de, mesmo não querendo fazer e me comprometendo a não fazer, quando a situação mudou, eu tive de mudar”. Ainda é uma justificativa que joga na conta do cenário internacional as razões do ajuste fiscal e do tarifaço. Mais uma vez, soa como uma desculpa que terceiriza a responsabilidade e a isenta. Os dados do Datafolha mostram que a maioria dos manifestantes que foram às ruas no domingo, em São Paulo, votou na oposição, é mais velha e de maior renda. É a parcela que se mobiliza. No entanto, o mesmo Datafolha revelou uma insatisfação geral no país, que inclui quem votou na presidente. Há desaprovação, por exemplo, no Nordeste, que era um antes da chegada do PT ao poder e hoje é outro. (Kennedy Alencar – rádio CBN)

Anúncios

Uma resposta em “20 de agosto de 2015

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s