04 de agosto de 2015

Frase do dia

Dia de luz, festa do sol e o barquinho a deslizar no macio azul do mar. (O Barquinho – Nara Leão)

Carioquinha

A partir do último sábado recomeçou o projeto “Carioquinha 2015” reunindo mais de 200 atrações com descontos variados. Durante todo mês de agosto, quem é nascido ou reside no Rio ou Grande Rio, vai poder organizar programações que vão desde passar um final de semana num dos hoteis cinco estrelas mais luxuosos da cidade até vivenciar o dia-a-dia de uma favela, com direito a uma típica feijoada na laje. Uma das novidades deste ano foi o lançamento dos Roteiros Turísticos Carioquinha, que reúnem rotas trabalhadas por pequenos empresários atendidos pelo Sebrae/RJ em projetos de fomento ao Turismo Rural, de Experiência e a integração dos roteiros Serra e Mar. Além de desvendar novas potencialidades turísticas no Rio e interior, o Carioquinha tem como objetivo democratizar o acesso da população a essas atrações e transformar o cidadão local em um agente divulgador de sua própria cidade. Entre as atrações estão pontos turísticos tradicionais como Maracanã, Pão de Açúcar, Corcovado, Jardim Botânico e serviços como passeios de saveiros em Itacuruçá. (Fonte: O Globo)

A oferta

Para o passeio de saveiro, o projeto oferece desconto de 25% no ingresso do passeio pelas Ilhas Tropicais de Itacuruçá + frutas de cortesia a bordo. As saídas são aos sábados e domingos para um passeio com 5 horas de duração. Embarque: 10h no Cais de Turismo de Itacuruçá, em frente à Igreja Nossa Senhora de Santana. Desembarque: 15h. Ao chegar à escuna receberão boas vindas e instruções de salvamento. O roteiro inclui três paradas para mergulho e banho de mar e almoço. Todos os passageiros estão cobertos por seguro de responsabilidade civil.

O problema

O único entrave para que a atração seja uma das preferidas do projeto é que as pessoas terão de se deslocar sozinhas, por meios próprios, do Rio de Janeiro para Itacuruçá, uma vez que se alugarem uma van ou um ônibus de turismo, esses veículos terão de cumprir a “via sacra” para conseguir (e pagar caro) a autorização para a entrada no distrito. E assim, a temporada de verão 2015/16 já se aproxima sem que nada tenha sido feito para melhorar a qualidade do turismo no município.

Insatisfação

Relato de um servidor municipal. Ele não será identificado para evitar retaliações. “ A G.M de Mangaratiba é, atualmente, a corporação com o salário mais defasado do Estado do Rio de Janeiro. Não estão pagando o vale alimentação dos plantonistas, o vale transporte integral e o direito à periculosidade que a Presidente Dilma Rousself sancionou em Agosto de 2014 através da Lei 13.022 que garantiu esses direitos aos Guardas. O Prefeito Ruy Quintanilha virou as costas para os servidores de modo geral, inclusive professores e profissionais da saúde. Como um servidor sobrevive com sua família durante trinta dias recebendo menos até do que o piso regional do Estado? E Não adianta dizer que falta dinheiro na prefeitura porque o senhor continua contratando servidores comissionados e nomeando parentes!”

Pode isso? Arnaldo

Você já se viu em uma situação de tamanha humilhação que você deseja fortemente que se abra um enorme buraco no chão e você simplesmente seja engolida de tamanha vergonha, hostilidade, desprezo? Foi o que eu senti agora há pouco em uma das salas da Secretaria de Saúde. Fui até lá para tentar entender com a funcionária que reserva vagas no carro da prefeitura para tratamento fora domicílio. É que eu levei um “bolo”. Eu e minha filha. Levamos um bolo do motorista da prefeitura hoje de madrugada. Minha filha faz um tratamento sério no hospital do Rio e hoje estava marcado. Ela tinha consulta que com muito custo consegui marcar. Mas o motorista “esqueceu da gente”. Nos deixou plantadas no ponto combinado. Acordamos às 3 da manhã. Estava marcado para ele nos buscar às quatro. Chegamos três e cinquenta. Saímos do ponto combinado às 5 da manhã sem entender o que houve. Simplesmente levamos um bolo. Fui de manhã na secretaria tentar entender o que houve. Mas hoje eu cheguei nervosa, chateada, porque só eu é que sei da importância desse serviço pra mim pra minha filha. Só eu é que sei das consequências que essa falta de responsabilidade do motorista causou pro tratamento e para a saúde da minha filha. E fui criticada, humilhada. Fui surpreendida com atitude da funcionária, que me criticou ao me ver nervosa. Ela disse que eu deveria saber como chegar, que isso não é jeito de chegar, porque a boba aqui “chegou chorando”. Eu estava nervosa, não nego, mas em nenhum momento eu adestratei, nem faltei com respeito. Estava nervosa, mas eu acho que qualquer um na minha situação estaria. Além do mais, eu não fui pedir pra ninguém me pôr no colo não. Não fui pedir a pena de ninguém e nem quero isso com esta publicação. Na verdade, estava muito focada em conseguir uma outra vaga o quanto antes, mas fui tratada com grande hostilidade. Me senti tão humilhada, tratada com tanto descaso. Estou me sentindo uma b****. Essa que é a verdade e essa publicação não é para que as pessoas tenham pena de mim não. É porque eu acho que eu tenho que dividir isso com aqueles que também precisam dessa prefeitura e dizer que precisamos reagir. Não merecemos isso. Não merecemos. Dificuldades todo município toda prefeitura passa, mas o que faz a diferença é o povo, é o servidor. A diferença é feita na hora da dificuldade sim, porque as festas estão acontecendo. As festas estão rolando. Quero ser tratada com dignidade, principalmente quando as coisas não vão bem, é isso.” (Luciana Oliveira, via facebook na página Mangaratiba abre o verbo)

A volta

Nove meses após deixar o presídio da Papuda para cumprir prisão domiciliar, o ex-ministro-chefe da Casa Civil e mensaleiro condenado José Dirceu voltou para a cadeia nessa segunda-feira. Ele foi preso preventivamente pela Polícia Federal na 17ª fase da Operação Lava Jato e será transferido para a carceragem do órgão em Curitiba – cidade em que outro petista ilustre, o ex-tesoureiro do partido João Vaccari Neto, está preso desde abril. O nome desta fase da Lava Jato, “Pixuleco” faz referência justamente ao termo que Vaccari usava para se referir ao dinheiro de propina com que a empreiteira UTC abastecia o caixa do PT. Foi preso também o irmão de Dirceu, Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, na cidade paulista de Ribeirão Preto. (Fonte: O Globo)

Anúncios

13 respostas em “04 de agosto de 2015

  1. Bom dia

    Diz o boato que:

    O administrador de ITACURUÇÁ Paulinho Coruja que nunca aparecia foi demitido e ninguém falou nada! ?

    É verdade?

    Se for, parabéns!

    Nada contra, o cara é gente boa, mas entende mesmo de embarcações.

  2. Em relação à postagem “insatisfação”….
    Deus que me perdoe o que vou falar, mas o salário da G.M. é um salário miserável. Como um chefe de família vai sustentar sua casa com 700 reais?? “Ahh, mas o município tá no vermelho, tá cortando gastos, tá enxugando a folha”. É o que se tem escutado ultimamente, mas vale lembrar que tivemos essa nojeira de circuito do forró né? E me parece que a festa do peão já tá até paga: 10 milhões!!!
    E o pior de tudo é ver isso tudo e ver também muito servidor de braços cruzados, como se nada estivesse acontecendo. Sempre venho batendo nessa tecla, de que uma GREVE não cairia nada mal, mas pelo que vejo, isso é algo que será difícil de acontcer

    • Ahh, e pra retificar o que a pessoa postou, com relação ao direito da periculosidade, vale lembrar que esse direito não foi dado em 08/08/2014 pela 13.022 não, essa lei já está valendo desde o dia 08/12/2012, da LEI 12.740, ou seja, com uma ação coletiva, dá pra arrumar uma graninha boa de retroativo em cima da prefeitura

    • Ahh, só pra retificar o que a pessoa postou referente ao direito à periculosidade, vale lembrar que esse direito não veio com a sansão da 13.022 de 08/14 não, pois essa lei já está valendo desde 08/12/2012, conforme trata a LEI 12.740. Ou seja, com uma ação coletiva, dá pra arrumar um cascalho bom em cima da prefeitura referente Aos retroativos.

    • e vale lembrar que o adicional de periculosidade já é direito adquirido à guarda desde 08/12/2012, conforme foi sancionada a LEI FEDERAL12.740

  3. Ahh, só pra retificar a postagem do amigo, quando o mesmo diz do direito à periculosidade, a lei não foi sancionada pela 13.022 de 08/14 não, a mesma já vale desde 08/12/2012, de acordo com a LEI 12.740. ou seja, com uma ação coletiva, dá pra pegar um retroativo legal, em cima da prefeitura.

  4. PODE ISSO? ARNALDO………O mínimo que o Sr prefeito deveria fazer é mandar apurar o ocorrido e punir com rigor. Entendo perfeitamente o que esta senhora passou.

  5. É Professor; essa é a realidade da vida do servidor público de mangaratiba, prefeito Ruy cortou tudo dos servidores da guarda deixando os praticamente passando fome, tendo que pagar passagem pra trabalha e a tal lei 13022 define e garante tudo isso mas a prefeitura não cumpre a lei que já tá vigorando a mais de UM ANO!!! Em breve o prefeito devera ser acionado pelo MP por não cumprir a lei federal.

    Obs: Sec da guarda anderson quadros colocou a gm pra expulsar sem terra de propriedade particular da ingaíba em troca de apoio na candidatura a vereador segunda.

  6. Venho através deste comentário informar minha indignação com o atual governo, sou efetivo na secretaria de segurança a mais de 15 anos e nunca vi tanta covardia. Na área comandada pelo secretário de segurança (que ainda não foi nomeado e quem assina qq tipo de documento é uma funcionária efetiva “testa de ferro” nomeada como subsecretária) a secretaria virou literalmente um curral eleitoral : todo o efetivo é comandado por funcionários contratados indicados pelo secretário, com abonos bem atraentes,vantagens, etc. Enquanto o pessoal que fica na rua, estão a ver navios, principalmente os que não ” fecharam ” com o futuro candidato a vereador sr. Anderson…funciona da seguinte forma: quem quer rir, tem que fazer rir. ..mas o que esperar de um secretário com uma péssima reputação na própria corporação?

    • amiguinho, se essa guarda fosse um pouco mais unida, dava pra queima o serviço desse crápula rapidinho e com facilidade. pelo menos os guardas efetivos das antiga tinha q começa a se mobilizar pra fazer alguma coisa

  7. Agora vamos falar da secretaria de trânsito : como já não bastasse o corte no abono, mudança na escala de serviço de 24×72 para 12,12×60 (que não existe ) que aliás prejudicou todos, pois com esse salário miserável todos tem um segundo emprego(o agente de trânsito mais antigo recebe R $1.000,00 e o mais novo r $700,00). Além de prejudicar o que mais o sr quer? Multar não podem pois essa semana foi feito o recolhimento de todos os talões pela secretaria. O atual governo falou tanto do anterior e está conseguindo fazer pior é em menos tempo….isso se estende para todas as secretarias.

    • tomara que não, mas acho que isso vai perdurar até a data limite para a adequação da lei 13.022 que é 8 de agosto de 2016

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s