18 de julho de 2015

Frase do dia

Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Digo o que penso, com esperança. Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor.  (Cora Coralina)

Ironia do destino

Na sessão de quarta-feira, o colegiado da seção criminal aceitou a denúncia patrocinada pelo ministério público contra o ex-prefeito Capixaba e mais quarenta e três pessoas. O tribunal negou o pedido do MP para que o ex-prefeito e o ex-secretário Roberto Santos, fossem transferidos para uma unidade prisional comum, vez que haviam perdido direito ao foro privilegiado e não comprovaram ter curso superior, bem como que o processo voltasse à primeira instância. A medida deixou de ser tomada não porque os desembargadores ficaram “com pena” do ex-prefeito, mas porque entre os quarenta e quatro agora réus, estão dois vereadores, o José Maria e o Marquinho da Ilha que, na condição de vereadores no exercício do mandato, têm direito a julgamento pelo TJ. Nesse caso, todos os demais também serão julgados pela seção criminal do TJ.

Delação premiada

A propósito da delação premiada já informada aqui no blog e que algumas pessoas afirmaram não existir, assim despachou ontem a desembargadora relatora do processo: “Providencie a Secretaria sejam formados os autos das delações premiadas homologadas. Intimem-se as partes para ciência dos referidos autos e, querendo, eventual manifestação no prazo de 05 (cinco) dias. Atente a Secretaria que os autos das delações devem permanecer em separado para exame pelos Drs. Advogados e não apensados aos autos da ação penal, já agora instaurada com o recebimento da denúncia pelo Colegiado da Seção Criminal. Rio de Janeiro 17 de julho de 2015. Des. Gizelda Leitão – Relatora.”

Abrindo a boca

A propósito do despacho acima, há que se observar que a magistrada não se refere a uma, mas aos “autos das delações premiadas homologadas, o que significa que mais gente “abriu o bico”. Considerando que a maioria dos réus só responde pelo crime de formação de quadrilha, é bem provável que os delatores sejam aqueles que podem receber as penas mais altas e, no topo dessa lista está o ex-prefeito Capixaba. Assim sendo, a especulação é simples: se ele falou e foi suficientemente sério para ser aprovada essa delação premiada, a “casa vai cair” pra muita gente.

Mudança de Canal

Informe de utilidade pública. “Em Mangaratiba, assim como em diversos municípios, a Prefeitura é responsável pela instalação e manutenção de antenas repetidoras para que a população tenha acesso ao sinal das principais redes de televisão abertas do país. Ocorre que a necessária manutenção periódica nos equipamentos, antenas e torre já não era realizada há algum tempo. Nos últimos dias aconteceram problemas técnicos com a antena e a torre que transmite o sinal para Mangaratiba. Por esse motivo, a secretaria de Governo e Tecnologia executou algumas adaptações no sistema. Em virtude dessas mudanças, a rede Globo de Televisão, que anteriormente era sintonizada no canal 9, passa a funcionar no canal 6, no sistema UHF. A secretaria informa ainda que está se esforçando e trabalhando na aquisição de nova aparelhagem para oferecer para os moradores de todos os distritos um serviço de qualidade.” (Prefeitura Municipal de Mangaratiba)

A propósito

Se a instalação e manutenção de antenas repetidoras, em todos os distritos, é de responsabilidade da prefeitura, qual o motivo de o distrito de Itacuruçá não contar com uma? Aliás, nunca contou. Há diversas áreas de “sombra” na cidade e a única opção dos moradores dessas áreas é a antena parabólica ou a de TV a cabo.

Tempo político

As realidades dos municípios de Mangaratiba e Itaguaí são bem diferentes. No entanto, ambos têm muitas similaridades. Em ambos, a população se queixa da precariedade do atendimento na saúde; em ambos, os prefeitos eleitos em 2012 tiveram seus mandatos cassados por conta de denúncias de corrupção; em ambos, os vices assumiram há pouco mais de noventa dias. A diferença está no “timing político”. Enquanto em Mangaratiba o novo prefeito assumiu o cargo tomando medidas impopulares, em Itaguaí, no mesmo período, o novo prefeito acertou em cheio quanto à expectativa da população. Não importa se as obras já estavam prontas ou quase prontas. O fato é que ele publicamente adiou a realização da Expo assegurando que a festa só aconteceria depois que várias providências fossem tomadas na área da saúde. É o que consta da carta abaixo, divulgada anteontem.Itaguaí

Anúncios

4 respostas em “18 de julho de 2015

  1. É prof Lauro, ao invés de valorizar os servidores e proporcionar saúde, educação e serviços de qualidade, o prefeito Ruym corta direitos como o alimentação, descumpre a promotoria Federal em fazer concurso público e faz circuito de forró. Essa é Mangaratiba! Lembrem disso em 2016!!!!!

      • Não duvide Chaves, Ruym quer o servidor cada vez pior, a cidade cada vez mais destruída e a saúde com a pior avalição possível pra depois explorar os cofres públicos terceirizando serviços e deixando mais rombos do que já está deixando na prefeitura.

  2. Professor:
    1-Reconheço e agradeço o seu empenho em nos informar.
    Começo o dia lendo sua coluna.
    Hoje está excelente(e nada sutil).
    2-Me preocupa a vocação golpista dos BOLIVARIANISTAS(viu Dilma dondo beijinhos no LHAMADETOPETE que nos TOMOU uma refinaria?).
    Até quando os Lulistas vão aguentar desaforos LEGAIS.(Eles propunham , em 64 uma “DITADURA “PROLETÁRIA”)
    3-FESTA NUNCA MAIS !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s