07 de julho de 2015

Frase do dia

Você tem que acentuar o positivo, eliminar o negativo, e juntar-se ao afirmativo. (Louis Armstrong)

Vai acontecer?

Está prevista para hoje uma sessão extraordinária da câmara municipal de Mangaratiba que, mesmo em período de recesso, deve ouvir o prefeito Dr. Ruy Quintanilha a respeito do decreto que cortou gratificações por insalubridade, horas extras, dobras e demais vantagens de servidores. Há uma insatisfação geral a respeito dessas medidas. Há servidores municipais se queixando que receberam cerca de trezentos reais como salário do mês. Em resposta ao que pode acontecer na câmara, já existe uma convocação em rede social no sentido da realização de manifestação pública amanhã, quarta-feira, em protesto contra essas medidas.

Pior a emenda

Diante da divulgação em uma rede social de foram feitos vários pagamentos de “resíduos” (quitação de direitos trabalhistas de quem ocupou cargos na prefeitura e não os recebeu ao serem exonerados), em especial ao vereador Marquinho da Ilha e ao ex-servidor Jonas B. da Silva (que, por acaso também seu é sogro), o prefeito Dr. Ruy Quintanilha assim respondeu: “Paguei o dele e de dezenas de outras pessoas! E assim farei até que não haja mais dívida trabalhista!”

Vai daí que…

Imediatamente um dos que cobravam explicações respondeu: “Mas sabe o que não entendo, já que se esperou tanto tempo para se pagar os resíduos em meio à recessão que estamos, essa não foi a mais correta das atitudes. Vou encaminhar a minha para o Senhor para ver se vai me tratar com a mesma isonomia.”

King nigth

Em setembro do ano passado, ainda na gestão Capixaba, a prefeitura concluiu a compra do espaço denominado King Nigth em Itacuruçá. Na semana passada, a vereadora Cecília Cabral esteve no local e afirmou: “Em breve teremos mais um espaço voltado para cultura e o lazer em nosso município.” Pergunta-se: na origem da aquisição a justificativa para a compra não era a de construir uma escola no local?

Boa proposta

De um morador sempre preocupado em apresentar propostas para melhorar o município. “Resolvi hoje colocar em debate uma sugestão. Penso que agente precisava ter em Mangaratiba um Conselho Municipal de Transportes! Aliás, poderia ser conselho de trânsito e de transportes, um órgão de controle social da gestão das políticas públicas de trânsito e de transporte do Município, com caráter consultivo, fiscalizador e deliberativo, tendo uma composição tripartite com representantes do governo, prestadores de serviços e de entidades da sociedade civil.” (Rodrigo Âncora da Luz, via facebook)

Quanto mais mexe…

Afastado pela Justiça por suspeita de desviar royalties do petróleo e dinheiro do Sistema Único de Saúde, o ex-prefeito de Itaguaí Luciano Mota terá que responder também por superfaturamento e uso irregular de recursos públicos na construção de uma ponte no bairro Mazomba. O caso veio à tona com a divulgação de relatório de auditoria da Controladoria Geral do Município. De acordo com o documento, Luciano Mota teria usado um decreto de situação de emergência para construir uma ponte sem licitação. A ponte, orçada em R$ 960 mil, custou R$ 1,6 milhão. A Procuradoria de Itaguaí entrou com outras duas ações contra Luciano Mota. Uma aponta desvio de mais de R$ 13 milhões no contrato com a empresa Mega Watts, para manutenção dos prédios públicos. A outra é pelo uso de R$ 2 milhões da iluminação pública para pagar a Tri Stars, responsável pela coleta de lixo. (Fonte: jornal O Dia – baixada)

Trem da alegria

A partir de um requerimento do senador Reguffe, o Ministério do Planejamento foi obrigado a abrir números impressionantes da máquina pública. Reguffe quis saber quantos cargos comissionados existem no governo federal. Resposta oficial: 23 941 cargos a que o governo pode nomear ao seu bel prazer. Para que o leitor possa comparar, na França este tipo de nomeação fora da carreira pública não passa de 4 800 vagas e nos EUA, 8 000. O Brasil gastou 1,9 bilhão de reais com esses cargos comissionados no ano passado. (Por Lauro Jardim – revista Veja)

A propósito

No programa do Haroldo de Andrade da manhã de ontem na rádio “Tupi” e no jornal “O Globo”, o mesmo assunto também foi amplamente discutido, só que com foco nos municípios da região metropolitana do Rio de Janeiro, incluindo Mangaratiba, citada como um dos locais onde há mais “contratados” do que efetivos.

Anúncios

Uma resposta em “07 de julho de 2015

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s