02 de julho de 2015

Frase do dia

Uma parte dos homens age sem pensar, e a outra pensa sem agir. (Rousseau)

Reação

Entre os prejudicados pela decisão do prefeito Dr. Rui Quintanilha em cortar, de surpresa, abonos e adicionais de insalubridade, periculosidade, horas extras e adicionais noturnos, também estavam os motoristas das ambulâncias que servem aos postos de saúde. Ao constatarem os cortes, que em alguns casos chegaram a quase setecentos reais em seus contracheques, todos, sem exceção, se dirigiram à garagem da secretaria de transportes para entregar os veículos. Curiosamente, encontraram no local o próprio prefeito que, surpreendido pela mobilização, atribuiu os cortes a um “erro” da secretaria de administração e que iria providenciar a correção até o próximo dia dez de julho.

Reação II

Em atendimento à convocação da câmara municipal, hoje, em sessão extraordinária, o prefeito Dr. Rui Quintanilha deve comparecer para explicar aos senhores edis o que, de fato, ocorreu com o pagamento dos servidores municipais. Nas galerias, prometem estar presentes dezenas de servidores públicos vestidos de preto, em protesto contra o que consideram uma verdadeira “covardia”.

Reação III

Hoje os funcionários da Prefeitura de Mangaratiba receberam seus salários. Os servidores efetivos tiveram descontos sem qualquer aviso prévio e vários funcionários comissionados não tiveram pagamento porque foram demitidos e não foram comunicados, trabalharam e não vão receber. Alguns descontos foram inaceitáveis como não pagamento de insalubridade para funções insalubres, adicional noturno, horas extras, funções gratificadas pagas a vários anos ininterruptamente, gratificação para trabalhos em locais de difícil acesso. O vereador Alan Bombeiro, na tribuna livre da Câmara, demonstrou repúdio por essa prática e alguns vereadores foram solidários, com ressalvas. Sinceramente não sou a favor de oposição sistemática, mas é muito triste saber que trabalhadores honrados são tratados dessa forma. Sabemos que a PMM é o grande empregador no município e todos nós que precisamos trabalhar, temos que seguir as regras vigentes, porém tudo tem limite, há de ter um paradeiro. Paradoxalmente entre as inúmeras denúncias que venho recebendo, a que me causou maior decepção, foi saber que alguns funcionários demitidos no governo anterior e alguns readmitidos no atual tiveram seus processos de pagamento de resíduos (indenização do tempo trabalhado) com valores que chegaram a R$ 25.000,00 quitados pelo atual governo. Em sendo verdade, fica caracterizado um indecente privilégio, pois todos sabemos que a maioria desses resíduos, dificilmente são pagos. Eu mesmo trabalhei 5 anos, fui exonerado há 7 anos atrás e nunca recebi o tal resíduo! Atenção funcionários públicos que se foram lesados!! Na quinta feira vamos todos de preto às 10:30 assistir as explicações do Dr. Ruy, perante a câmara, o por quê de tamanha covardia conosco. Queremos nossa insalubridade, triênio, periculosidade, tudo que nos foi tirado. Fomos lesados e estamos de luto, direito e pra ser cobrado, lá estarei em sinal de repudio e revolta. Espero vocês! Espero que vocês tenham decência e não peçam nada a Vereadores. Favores geram corrupção, que gera falta de respeito e descumprimento das leis. Quinta, dia 2, as 10:30 de Preto.Eu estarei lá. (Severo Diniz, via facebook)

Sem pressa

Ficou para a semana que vem qualquer decisão da desembargadora Gizelda Leitão a respeito do agravo de instrumento interposto pela defesa do ex-prefeito Evandro Capixaba. Diante dos questionamentos formulados pelo ministério público, ela assim decidiu: “Concedo às defesas técnicas dos denunciados o prazo de 05 (cinco) dias para ciência dos quesitos formulados pelo Ministério Público e apresentação facultativa de eventuais quesitos suplementares pelas defesas. Rio, 01/07/2015. Desª Gizelda Leitão Teixeira – Relatora”. Em resumo, nada será decidido até a próxima segunda-feira.

Nulidade

Um observador do cenário político municipal aponta que pode haver uma futura anulação da sessão legislativa que determinou a cassação do prefeito Capixaba. De acordo com as regras, o vereador Edu Jordão está, oficialmente, de licença de seu mandato para exercer o cargo executivo de secretário de assistência social e direitos humanos. O vereador em exercício é o senhor Marquinhos da Ilha. No entanto, no dia da votação do relatório final da comissão processante, quem apareceu para votar foi o senhor Edu Jordão. Para que isso ocorresse, de acordo com os requisitos legais, ele deveria ter sido exonerado do cargo executivo e reassumido o mandato. Tal fato deveria ter sido comunicado ao Tribunal Regional Eleitoral. Assim, o Marquinhos da Ilha voltaria à suplência e ele votaria. Após a votação, poderia ser, outra vez, nomeado para o mesmo cargo com o consequente retorno do suplente à titularidade do mandato. Do jeito que foi feito, na sessão do dia 25/06, estavam presentes em plenário doze vereadores, apesar de apenas onze votarem.

Consequências

A se confirmarem essas suposições, caso o ex-prefeito Capixaba queira, pode interpor recurso junto ao tribunal regional eleitoral pedindo a anulação da sessão que determinou sua cassação alegando “vício insanável”, vez que votou quem não estava apto a votar. De outra parte, tanto essa comissão processante, quanto as outras duas que já foram consideradas extintas por falta de objeto, não poderão ser retomadas. Assim sendo, o “fantasma” Capixaba pode voltar a “assombrar” a cadeira atualmente nas mãos do Dr. Ruy.

Anúncios

4 respostas em “02 de julho de 2015

  1. Alguma coisa está errada na afirmativa sobre nulidade. Foi Marquinho da Ilha quem votou, não Edu Jordão. Por esse motivo não cairá em nulidade não. Inclusive o hoje Secretário de Ação Social era relator da comissão que cassou o Prefeito e foi sorteado o Charles para substituí-lo na comissão.

  2. TRANSPARÊNCIA

    COM A BAIXA DOS SALÁRIOS DOS TRABALHADORES DO “BAIXO ESCALÃO” O POVO ESTÁ CURIOSO PARA SABER QUAL O SALÁRIO DE:

    – COORDENADORES
    – ADMINISTRADORES
    – DIRETORES
    – SECRETÁRIOS
    – SUB SECRETÁRIOS
    – PREFEITO

    E AÍ, ALGUÉM SABE ONDE PODEMOS DESCOBRIR ISSO?

    ONDE EXISTE UMA PUBLICAÇÃO COM OS CÓDIGOS DOS CARGOS E SEUS RESPECTIVOS SALÁRIOS?

    MERECEMOS SABER QUANTO PAGAMOS PARA ELES “TRABALHAREM” !

  3. É Lauro, a notícia que mais se comenta em Mangaratiba é a compra da tal lancha que causou uma revolução no iate muriqui e que até então não se sabia quem era o dono; eis que surge a informação: o respectivo dono é nada mais nada menos que Rui “Insalubridade” Quintanilha!!!!! Que tanto criticou o capixaba e que segue fielmente seus passos nos mandos e desmandos e cometendo atrocidades com os funcionários efetivos e contratados; aliás……informações comprovam que quem tá mandando e desmandando é a senhora Flávia que parece ser a que usa calças pois está mandando mais do que o Ruim dentro da prefeitura.

  4. Prezado Lauro,

    Favor confirmar a veracidade da informação dada sobre a sessão legislativa constante neste informe pois, se os fatos narrados forem verídicos, cabe informar, via representação, ao MP, com cópia para a relatora da ação penal, em virtude de possível conluio entre o Poder Legislativo e o Prefeito afastado, com vistas ao seu retorno. Tal manobra seria, no mínimo, execrável, do ponto de vista legal e moral. No aguardo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s