30 de junho de 2015

Frase do dia

Vai ter uma confabulância político-sigilista sobre as próximas candidaturas. (Odorico Paraguassú – prefeito personagem de ‘o bem amado’, novela de Dias Gomes)

Novo cenário

Com a cassação ocorrida na última quinta-feira, os advogados do ex-prefeito Evandro Capixaba não perderam tempo e, imediatamente, ingressaram com “agravo regimental” pleiteando a volta do processo à primeira instância (juizado de Mangaratiba), já que o principal indiciado perdeu a regalia de foro privilegiado. A desembargadora encaminhou, ontem, a petição ao MP nos seguintes termos: “Abra-se vista ao Ministério Público para ciência e manifestação sobre a argumentação trazida no Agravo Regimental, mormente aquela de fls. 1953.”

A propósito

No correr do dia de hoje o ministério público deve responder à desembargadora e, é tido como certo que o processo baixará à primeira instância. Isso não significa, no entanto, que aumentarão as chances de liberdade imediata do prefeito, vez que o processo já aberto na comarca de Mangaratiba foi registrado na instância como desvios à “fazenda pública”, e o que está no tribunal de justiça se refere a “feito criminal”. Assim, o juiz da comarca deverá seguir com os dois processos em paralelo, e pode manter a prisão dos envolvidos no feito criminal até o encerramento do inquérito.

Crise

Há notícias de que a crise econômica chegou, forte, na Vale e no terminal da Guaíba. Ao que parece, algumas centenas de trabalhadores foram colocados em “férias coletivas”. Esse mecanismo, muito utilizado na indústria automobilística, costuma preceder à demissão dos funcionários.

Previ

Além dos desvios de recursos da Previ-Mangaratiba, há um outro grande problema rondando a segurança da aposentadoria dos servidores municipais, qual seja, a diminuição do número de contribuintes. Acontece que o sistema é estruturado em cima das contribuições dos servidores efetivos (os comissionados e contratados não contribuem). Como há mais de dez anos não ocorre concurso público no município, desde então ninguém entrou para contribuir. Por outro lado, muitos deixaram de dar sua contribuição, seja por aposentadoria ou falecimento. Por conseguinte, a conta está em diminuição.

Perdendo os limites

O embate político entre grupos que atuam nas redes sociais ultrapassou todos os limites do que pode ser entendido como política. Nos últimos dias, os defensores de um determinado grupo  resolveram utilizar a imagem de uma cruz suástica para imputar ao outro grupo uma possível imagem de intolerância. Os que se utilizaram do símbolo talvez não tenham tomado consciência do seu significado. Talvez, também, não observaram que o uso da cruz gamada, chamada de suástica, seja proibida pela nossa constituição federal. O importante é considerar que a atitude representa uma absoluta e total perda dos limites no que tange à discussão dos melhores caminhos para o município.

Fogo a bordo

Na última quinta-feira a Executiva Nacional do PT se reuniu em São Paulo para, entre outras coisas, avaliar os estragos causados ao partido pelas Operações Lava Jato e Acrônimo. Na reunião, o PT tomou duas decisões importantes. A primeira, tornada pública, foi aprovar uma resolução política na qual sai em defesa das empreiteiras suspeitas de desviar recursos da Petrobrás. A segunda, até agora mantida em sigilo, foi convidar o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, a dar explicações ao partido sobre as últimas ações da Polícia Federal, subordinada a ele. O presidente do PT, Rui Falcão, disse que o objetivo é simplesmente ouvir o ministro. No entanto, conforme integrantes da cúpula petista, a ideia é enquadrar Cardozo. Militante do PT há mais de 30 anos, homem de confiança da presidente Dilma Rousseff, o ministro é responsabilizado por setores do partido pela manutenção da prisão temporária do ex-tesoureiro João Vaccari Neto, detido desde 15 de abril, e pelas buscas no escritório político do governador de Minas, Fernando Pimentel, e na agência Pepper, que presta serviços à sigla. Em conversas reservadas, lideranças petistas usam termos como “inoperante”, “omisso”, “sem pulso firme nem liderança” e “egoísta” para se referir ao ministro. Desde sexta-feira, com a divulgação da delação premiada de Ricardo Pessoa, da empreiteira UTC, que relatou ter feito repasses às campanhas de Dilma e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a insatisfação em relação ao ministro aumentou consideravelmente. José Eduardo Cardozo, titular da Justiça, se defende dizendo que não tem autonomia nem poder para impedir as ações da Polícia Federal. (Fonte: Avança Brasil)

Reflexões

Carta hipotética de Jesus Cristo a um, ou vários, desses pastores eletrônicos dos dias atuais. “Querido pastor. Aqui quem fala é Jesus. Não costumo falar assim, diretamente,mas é que você não tem entendido minhas indiretas. Imagino que já tenha ouvido falar em mim, já que se intitula cristão. Durante um tempo achei que falasse de outro Jesus, talvez do DJ que namorava a Madonna, ou de outro Cristo, aquele que embrulha prédios pra presente, já que nunca recebi um centavo do dinheiro que você coleta em meu nome (nem quero receber, muito obrigado). Às vezes parece que você não me conhece. Caso queira me conhecer mais, saiu uma biografia bem bacana a meu respeito. Chama-se Bíblia. Já está à venda nas melhores casas do ramo. Sei que você não gosta muito de ler, então pode pular todo o Velho Testamento. Só apareço na segunda temporada. Se você ler direitinho vai perceber, pastor-deputado, que eu sou de esquerda. Tem uma hora do livro em que isso fica bastante claro, quando um jovem rico quer ser meu amigo. Digo que, para se juntar a mim, ele tem que doar tudo para os pobres. “É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no reino dos céus”. Analisando a sua conta bancária, percebo que o senhor talvez não esteja familiarizado com um camelo ou com o buraco de uma agulha. Vou esclarecer a metáfora. Um camelo é 3.000 vezes maior do que o buraco de uma agulha. Sou mais socialista que Marx, Engels e Bakunin -esse bando de esquerda-caviar. Sou da esquerda-roots, esquerda-pé-no-chão, esquerda-mujica. Distribuo pão e multiplico peixe -só depois é que ensino a pescar. Se não quiser ler o livro, não tem problema. Basta olhar as imagens. Passei a vida descalço, pastor. Nunca fiz a barba. Eu abraçava leproso. E na época não existia álcool gel. Fui crucificado com ladrões e disse, com todas as letras (Mateus, Lucas, todos estão de prova), que eles também iriam para o paraíso. Você acha mesmo que eu seria a favor da redução da maioridade penal? Soube que vocês estão me esperando voltar à terra. Más notícias, pastor. Já voltei algumas vezes. Vocês é que não perceberam. Na Idade Média, voltei prostituta e cristãos me queimaram. Depois voltei negro e fui escravizado pelos mesmos cristãos afirmavam que eu não tinha alma. Recentemente, voltei transexual e morri espancado. Peço, por favor, que preste mais atenção à sua volta. Uma dica: olha para baixo. Agora mesmo, devo estar apanhando, de gente que segue o senhor.” (Gregório Duvivier, para a Folha de São Paulo)

Anúncios

3 respostas em “30 de junho de 2015

  1. Professor Lauro, minhas saudações!!!

    É professor, mais um mês sem que os funcionários recebam o Vale alimentação, direito este que é garantido por lei; e agora o ilustríssimo doutor Ruy Quintanilha decreta o fim da insalubridade podendo ser vista no diário 524. Será que ele também irá reduzir os R$4.500 que ele paga a cada um dos dez policiais para fazerem sua segurança particular??? Reduzirá os salários da sua esposa Flávia e de seu sogro e cunhado nomeados por ele??? Cadê o ministério público que não fiscaliza o prefeito que corta direitos trabalhistas de forma arbitrária? Que não fiscaliza o nepotismo??? Será que desse jeito ele acha que em breve também não será alvo de investigações??? 2016 vem aí e não nos esqueceremos da pior gestão de Mangaratiba capixaba Ruy.

  2. ATÉ PARECE A PREFEITURA DE MANGARATIBA
    Nepotismo na Prefeitura de Madri
    Partido pregou mudanças, mas repetiu antigas práticas

    A prefeita de Madri, Manuela Carmena, ex-juíza, de 71 anos, candidata de uma plataforma de “indignados” e do partido Podemos, que prometeu cumprir fielmente os deveres do cargo, nomeou como chefe de gabinete da Prefeitura a sobrinha de seu marido.

    Em Madri, há uma lei que proíbe expressamente o nepotismo, prática que mostra que, no mundo todo, os homens querem o poder, mentem quando se candidatam e enganam o povo.

    Essa anomia pode gerar uma crise gravíssima. A pobreza aumenta e os supostos representantes do povo cometem, quando eleitos, os mesmos erros que criticavam.

  3. Passei por uma experiência que não deve ser novidade, mas que me causou espécie ao perceber que devemos estar em época de provas nos colégios do município. Faço uso diariamente dos péssimos serviços da Expresso Mangaratiba, e hoje a quantidade de alunos foi bem acima do normal ao utilizar o ônibus. O problema é que a maioria destes não respeitam os lugares preferenciais e não cedem lugar para idoso, nem gestante ou mães com crianças de colo. Uma mãe passou com sua criança, e apenas uma aluna moradora da ilha, sei pois sou de lá e a conheço, Tainá, filha do amigo Bil, destinou seu lugar mesmo sentada mais pra trás. Nos lugares atrás do motorista então, onde fica mais evidente a demonstração de pouco caso chega a deixar nervoso. Eu com quarenta e um anos de idade espero durante muito tempo ter condições físicas de poder ceder meu lugar como fiz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s