18 de maio de 2015

Frase do dia

Quanto maior for a exposição dos atos e dos gastos públicos, menor será o espaço para a corrupção e para o desperdício. (Jorge Hage – Controladoria Geral da União)

Arapuca desarmada

Entre as dezenas de veículos parados na secretaria de transportes pelos mais diversos motivos, havia uma caminhonete Toyota Hylux. A justificativa era de que seria necessário gastar mais de quinze mil reais para consertá-la. Assim, a caminhonete seria incluída entre os veículos destinados a leilão e acabaria sendo vendida a preço muito abaixo do mercado. Inspecionando o veículo, descobriu-se que bastava conectar a bateria para que o mesmo funcionasse adequadamente. A caminhonete foi encaminhada para prestar serviço no grupamento de proteção ambiental.

Cartas na mesa

Mais um ponto a favor do prefeito em exercício quando, utilizando as redes sociais assume: “Dificilmente um politico iria a uma rede social para confirmar que faltam determinados medicamentos e correlatos nas unidades de saúde! Mas é a pura verdade! Encontramos os contratos licitatórios para compra de medicação e correlatos (tudo que se usa num hospital que não é medicação) vencidos! Ou seja, não temos uma maneira legal de comprar esses itens que estão faltando, até que um novo processo do tipo emergencial seja feito e isso leva algum tempo! Estou trabalhando para normalizar esse abastecimento!” (Ruy Tavares Quintanilha – via facebook )

Cartas na mesa II

Para os que são da área da educação, vale a pena ler a postagem de ontem da Leila Castro, do blog “Peixe com Banana”. A seguir um trecho: “Justamente por termos consciência da seriedade com que a educação deve ser tratada, por termos a certeza de que não se deve insistir em erros que nos levou a isto tudo é que a educação aparentemente está desgovernada neste momento. Não, ela não está desgovernada neste momento, ela está desgovernada faz tempo e justamente neste momento, estamos tentando dirigir este comboio sem poder parar e assumir o controle da direção. Estamos como em um filme de ação em que o protagonista precisa assumir a direção do veículo desgovernado sem termos condição de parar o veículo que explodiria ao pisarmos no freio. Leila Castro.” Leia a postagem completa em: http://leila-castro.blogspot.com.br/

Novo espaço

O Conselho de Alimentação escolar de Mangaratiba acaba de criar uma página na internet como espaço de divulgação de suas atividades. O espaço divulga quem são os atuais conselheiros, a legislação pertinente, cartilhas de orientação e legislação. Pode ser acessado pelo link:https://caemangaratiba.wordpress.com/

Pedalando

Uma das principais dificuldades da equipe que assumiu a prefeitura há um mês é, especialmente, buscar soluções para os problemas do passado e, ao mesmo tempo, enfrentar as demandas do presente. No domingo passado, por exemplo, um forte vendaval atingiu o município. A Defesa Civil agiu prontamente, cortando árvores caídas sobre casas e postes. No entanto, passados exatos sete dias, os troncos cortados ainda não foram removidos.

Pedalando II

Reclama uma moradora de Muriqui: “Alguém sabe me responder por andam e para que servem os fiscais de obras? Rua Pernambuco 151 uma obra totalmente irregular, sem Engenheiro responsável; sem planta; sem nenhuma estrutura e que cresce dia a dia, sem pelo menos respeitarem horários; domingos e feriados. Hoje, domingo, estão a todo vapor. Não poupam batidas e maquitas. Nosso municipio está destruído. Tudo foi acionado: Defesa Civil, Sub Prefeitura de Muriqui, Secretaria de Obras de Mangaratiba que ficou de tomar providências. No entanto a obra continua a todo vapor, sem a menor preocupação com vidas em risco. Enfim, vivemos num município de inversão de valores (os incomodados que se mudem). Daqui pra frente só resta a Justiça. Novamente pergunto: Cadê os fiscais de Obras desse Município e para que servem?” (Maria José de Andrade via página Mangaratiba abre o verbo)

Detalhes

Muitos se questionam como se desenrola a trama política nas altas esferas. Pois, cinco trechos gravados de reuniões do conselho de administração da Petrobrás, ocorridas em fins do ano passado, mostram a força de Renan Calheiros quando Guido Mantega e Graça Forster defendiam seu apadrinhado, Sérgio Machado, presidente da Transpetro, acusado na operação Lava-jato de haver recebido quinhentos mil reais em propinas.. Ouça os áudios das reuniões em http://tinyurl.com/nxmnzss

Anúncios

4 respostas em “18 de maio de 2015

  1. Fisvalizaçao de obras / meio ambiente

    Sabado a npite quanso caminhava pela orla de Itacuruca vi uma coisa que me chamou atençao. Entre os quiosques Escondidinho e Geléia, próximo a Capitanoa dos Portos, está sendo construída uma COLUNA na areia da praia.

    Seria isso um puxadinho de um dos quiosques?

    Quem estaria construindo?

    Será que o proprietário da obra teria licença ambiental para construir na areia da praia?

    Por que a prefeitura não faz nada?

    Onde estam as fiscalizaçoes de obras e meio ambiente?

    É assim, as pessoas podem fazer o que querem e dana-se?

    Espero que providênxias sejam tomadas antes que seja tarde demais .

    Lamentavel…

  2. AO PROF. LAURO, BOM DIA.
    GOSTARIA DE SABER COMO FICA AQUELA INVASÃO DE BARRACOS
    NA CACHOEIRA DE MURIQUI BEM ABAIXO DAS TORRES DE FURNAS.

  3. Legal, agora que essa pessoa que se esconde atrás do pseudônimo Lelia Castro é subsecretária de Educação, o município está às mil maravilhas. Pode me chamar de indignada da Educação, pois são atitudes como essa que fazem com que nós fiquemos desacreditadas. Eu que me identificava tanto com o que ela escrevia estou achando que era puro interesse em pegar um cargo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s