10 de maio de 2015

Especial dia das mães

Frase do dia

Não existem mães solteiras. Existem mães. Ser mãe não é um estado civil. (Papa Francisco)

Coisas de mãe

Se os filhos estão bem alimentados, é ela que se sente satisfeita. Se estão risonhos e felizes, é ela que se pega sorrindo também. Se estão de roupinha nova, é ela que se sente bonita. Se eles vão bem na escola, parece que o aproveitamento escolar é dela. Se arranjam novos amigos, é ela que se sente popular e querida. Se viajam para novos lugares, é ela que curte o passeio, mesmo ficando em casa. A cada meta que atingem ou troféu que ganham, é ela que curte a sensação de vitória. Passa a gostar de rock, mesmo que antes não pudesse nem ouvir. Passa a olhar com simpatia, os ídolos e os amores de seus filhos. Passa a adorar cachorros, mesmo que antes só gostasse de gatos. Desnecessário dizer o que ela sente, quando alguma coisa dá errado, porque, por tabela, ela sentirá em dose tripla, cada tombo, cada perda, cada rejeição, cada fracasso, cada desapontamento. Tudo isto são…coisas de mãe! (Anônimo)

Para sempre

Por que Deus permite que as mães vão-se embora? Mãe não tem limite, é tempo sem hora, luz que não apaga quando sopra o vento e chuva desaba, veludo escondido na pele enrugada, água pura, ar puro, puro pensamento. Morrer acontece com o que é breve e passa sem deixar vestígio. Mãe, na sua graça, é eternidade. Por que Deus se lembra – mistério profundo – de tirá-la um dia? Fosse eu Rei do Mundo, baixava uma lei: Mãe não morre nunca, mãe ficará sempre junto de seu filho e ele, velho embora, será pequenino feito grão de milho. (Carlos Drummond de Andrade)

Nascimento

No momento em que uma criança nasce, a mãe também nasce. Ela nunca existiu antes. A mulher existia, mas a mãe, nunca. Uma mãe é algo absolutamente novo. (Rajneesh)

Saudade de mãe

Coloquei o filtro da arte naquela cena comum, e a luz, que até então estava escondida, veio surpreender-me com seu poder de claridade. A mulher simples, mãos calejadas de lida rotineira, mulher que aprendeu a curar as dores do mundo a partir de meus joelhos esfolados de quedas e estrepolias. Aquela mulher, minha mãe, rosto iluminado pela labareda que tinha origem no fogão de lenha. Trazia consigo o dom de me devolver a calma, que a vida tantas vezes insistiu em me roubar. Aquela cena: mulher, fogão de lenha, panela preta escondendo a brancura de um arroz feito na hora. É uma das cenas mais preciosas que meu coração não soube esquecer. Saudade de mãe é coisa sem jeito, chega quando menos imaginamos: um cheiro, uma melodia, uma palavra… uma imagem, e eis que o cordão do tempo, nos convida ao retorno da infância. Como se um fio nos costurasse de novo ao colo da mulher que primeiro nos segurou na vida e agora nos pudesse regenerar. Saudade de mãe é ponte que nos favorece um retorno a nós mesmos; travessia que borda uma identidade muitas vezes esquecida, perdida na pressa que nos leva. Saudade de mãe é devolução, é ato que restitui o que se parte; é luz que sinaliza o local do porto, é voz no ouvido a nos acalmar nas madrugadas de desespero e solidão, através de uma frase simples: Dorme meu filho! Dorme! Hoje, nesse dia em que a vida me fez criança de novo, neste instante em que esta cena feliz tomou conta de mim, uma única palavra eu quero dizer: Oh minha mãe, que saudade eu sinto de você! (Padre Fábio de Melo)

Homenagem

Anúncios

2 respostas em “10 de maio de 2015

  1. Figuras públicas tem suas vidas ,publicadas…
    Nunca ouvi falar da senhora mãe do senhor Lula.
    Só por comentários apócrifos.
    Desabonadores.
    Por que?
    (Minha homenagem às mães te todos os petistas)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s