11 de abril de 2015

Frase do dia

O presente é a sombra que se move separando o ontem do amanhã. Nela repousa a esperança. (Frank Lloyd Wright)

Pá de cal

Carta aberta do casal Charlinho e Andréia: A verdade. “Lamentamos os boatos mentirosos com relação ao apoio e nomeações de secretários no atual governo de Mangaratiba. Pois Mangaratiba esta passando por problemas na saúde, educação, saneamento básico, geração de empregos entre outros, e alguns políticos ao invés de pensarem na população e na cidade, só se preocupam em criar boatos mentirosos, brincando com o sentimento das pessoas, esquecendo-se das reais necessidades da população. A esses políticos que criaram essas mentiras, deveriam usar seu tempo para fazer o bem a população, e não só ver o seu objetivo pessoal. A população esta sofrendo. Quero comunicar que eu, Charlinho e Andréia continuamos a pensar e agir da mesma forma. A nossa vida na parte social, comercial e politica, foi e sempre será pautada na verdade. O tempo confirmará que tudo são boatos mentirosos.” (Carlos Busatto e Andréia Busatto)

Participação cidadã

O Conselho de Alimentação Escolar de Mangaratiba estará fazendo sua nova composição de membros, através de uma eleição no dia 27/04/15. Procurem as unidades escolares na segunda-feira 13/04 e conversem com a direção ou conselho escolar da Unidade. As eleições nas escolas deverão ocorrer até o dia 17/04/15. As vagas são para professores ou funcionários da educação (efetivos), pais de alunos e comunidade. Se você tem disponibilidade e quer atuar de forma séria na fiscalização da Merenda Escolar, seja candidato. (Convocação feita por Elizabeth Antunes – Conselheira do CAE)

Tem muito mais

Depois do “mensalão” e do “petrolão”, pode vir chumbo muito mais grosso contra o governo. A Câmara dos Deputados aprovou, na última quinta-feira, a Medida Provisória 661/2014, que autoriza o Tesouro Nacional a conceder um empréstimo de R$ 30 bilhões ao Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social. O governo, contudo, “cochilou” durante a votação e o PSDB conseguiu aprovar em plenário uma emenda que põe fim à concessão de empréstimos sigilosos pelo banco estatal. O texto levado ao plenário prevê ainda que pode haver “quebra de sigilo” de operações do BNDES. A emenda foi aprovada por 298 votos favoráveis e recebeu 95 contrários, além de quatro abstenções.

Lei Áurea

A aprovação, pela Câmara, do projeto que amplia a terceirização de trabalhadores, causará obvio prejuízo à classe. Salários e direitos sociais serão reduzidos. A argumentação do empresariado para influenciar os deputados foi de que a terceirização ampliada aumentará a competitividade da economia brasileira. E seus lucros, também. Se é para obter esses dois resultados, mesmo às custas de direitos sociais, logo o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, colocará na ordem do dia proposta revogando a Lei Áurea. Ou não competiremos melhor com outros países caso os patrões se vejam desobrigados de remunerar os empregados, mesmo restabelecendo a escravatura. Faz tempo que o país assiste a supressão das prerrogativas do trabalho estabelecidas nos anos trinta e quarenta pelo presidente Getúlio Vargas. Durante os cinco anos do governo Eurico Dutra congelou-se o salário mínimo. Mais tarde, com a ditadura militar, revogou-se a estabilidade no emprego, sendo também tornado letra morta o salário-família. Foi no governo Fernando Henrique, no entanto, que mais desapareceram direitos sociais, sob o canhestro raciocínio da “flexibilização”. Sofreram os funcionários públicos, tanto quanto os trabalhadores das empresas privadas. Com a chegada ao poder do Partido dos Trabalhadores, imaginou-se a volta ao tempo das conquistas trabalhistas, mas nenhuma iniciativa tomou o presidente Lula. Pelo menos, não avançou na degola antes imposta como “globalização”. Pois não é que a sucessora do primeiro companheiro retomou a prática celerada de punir os assalariados? A pretexto de debelar a crise econômica, “Madame” acaba de propor obstáculos ao recebimento do salário-desemprego e à concessão de pensões às viúvas com menos de quarenta anos, entre outras maldades sugeridas pelo neoliberal ministro da Fazenda. (Carlos Chagas – jornalista político)

Madame

Para quem não sabe de onde vem a ironia de parte da oposição e da imprensa chamando a presidente Dilma Roussef de “Madame”, abaixo a música de João Gilberto denominada “pra quê discutir com madame”.

Anúncios

2 respostas em “11 de abril de 2015

  1. Pá de cal
    Minha sábia avó dizia com propriedade em alguns casos:
    ” QUEM NÃO TE CONHECE QUE TE COMPRE “?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s