24 de março de 2015

Frase do dia

Fé na vida, fé no homem, fé no que virá. Nós podemos tudo, nós podemos mais.
Vamos lá fazer o que será. (Gonzaguinha)

CEFEC

Na última sexta-feira aconteceu em Itacuruçá, promovido pela Fundação Mário Peixoto e coordenado pela historiadora Mirian Bondim, o evento em comemoração aos vinte e cinco anos do Centro Cultural Ferroviário jornalista Odejaime de Holanda. Cerca de cento e cinquenta pessoas estiveram presentes à efeméride, muitos personalidades que conhecem o distrito há mais de cinquenta anos. Sucesso absoluto, apesar dac pouca divulgação e absoluta ausência de apoio material da prefeitura.

A propósito

Está aberta no Cefec, até o próximo dia nove de abril, a exposição de fotografias “Itacuruçá em preto e branco”. Os interessados em apreciar as fotografias antigas do distrito ou reviver memórias, podem visitar o centro cultural no horário de nove às dezesseis horas. (NR. Em uma cidade que se pretende turística, o Cefec deveria abrir nos finais de semana, o que não acontece)

 Vias de fato

Os embates entre situação e oposição no município ultrapassaram, nesse domingo, o campo da discussão de ideias. Uma testemunha, que frequenta o bar do “Duca”, em Muriqui, presenciou uma briga entre o Anderson Careca e o padrasto do procurador da prefeitura Leonel Algebaile Bertino.  O motivo, o padrasto do procurador ter agredido verbalmente e desrespeitado o Anderson, um dos que denunciou o esquema de corrupção, na frente de todo mundo. Segundo quem testemunhou, ele parecia estar descontente com o fato do enteado ter sido apontado pela Justiça como pessoa chave no esquema que desviou mais de R$60 milhões dos cofres de Mangaratiba. A testemunha  estranhou que, ao invés do surrado ir procurar a delegacia quem foi para a 165ª. abrir um BO foi o ex secretario posto que foi ameaçado de morte.

Transporte de estudantes

Vale a pena trazer para a área principal do blog o comentário-denúncia a seguir. “Há pelo menos 03 anos, os alunos universitários vêm enfrentando sérios problemas com os ônibus que realizam o trajeto dos distritos do Município de Mangaratiba à Campo Grande e Santa Cruz, bairros estes onde estão localizados as unidades de ensino. Especialmente com os veículos da linha de Mangaratiba e Muriqui, a constante quebra de veículos, atrasos no horários, excesso de velocidades, má condições dos veículos é notória. Basta recapitularmos alguns acontecimentos: Veículo da empresa Águia Dourada (ocorrido em 2013), porta do veículo quebrada, com risco de soltar, para não ficarmos parados na estrada, dois universitários vieram de campo grande a Muriqui segurando a porta.; Veículo da empresa Águia Dourada (ocorrido em 2013), preso na Polícia Rodoviária Federal por irregularidades em documentações e estado de conservação; Veículo da empresa Mangaratur (ocorrido em 2013), em uma semana quebrou 04 vezes na estrada do Campinho, sendo substituído por uma van de apenas 15 lugares, para comportar todo efetivo que estava no ônibus; Veículos que transportam universitários de Mangaratiba (ocorrido em 2014), constante quebra de veículo na estrada e não comprimento de horários, levando alunos a perderem provas pelo atraso. Ano de 2015, apenas 02 meses de aulas e constantes reclamações de excesso de velocidade dos ônibus da linha Mangaratiba, Conceição de Jacareí e Muri qui.Vale ressaltar, que há 02 semanas o veículo com numeral 950 da empresa Águia Dourada (linha de Muriqui), não saiu do lugar em frente a Unisuam. O motorista por sua vez abandonou o ônibus em busca de outro para levar os alunos, deixando o ônibus em rua deserta, por 30 minutos, rua esta com sério risco de assaltos e roubos. Ainda para colocar a cereja no bolo, os motoristas da linha de Muriqui, resolveram ser “sertanejos”, porque todos os dias as músicas são colocadas em alto volume, tornando difícil a comunicação interna. Com constante reclamações, pois muitos querem descansar após um dia de trabalho e estudos, espera-se que providências possam ser tomadas.“

Luciano Mota

Na última sexta dia 20 de março temendo uma decisão desfavorável, o prefeito de Itaguaí pediu licença partidária ao PSDB. Devido a isso o julgamento que poderia resultar em sua expulsão foi suspenso. O partido ainda não se pronunciou sobre o tempo dessa licença e se dará uma nova data para uma nova reunião decisiva.

Análise externa

Resumo do principal editorial publicado na edição dessa segunda-feira do jornal britânico Financial Times. “O Brasil está em meio a uma crise causada pelo próprio País e, antes de melhorar, a situação ainda vai piorar.” Apesar da atual situação negativa, o editorial reconhece que o Brasil está longe do quadro de hiperinflação. Melhor ainda, as instituições estão se segurando, especialmente o Judiciário.

Segue

Continua o editorial: “O Brasil está em crise. No início deste mês, mais de um milhão de manifestantes foram às ruas para expressar seu descontentamento. Grande parte do País sofre racionamento de água após um longo período de seca. A Petrobrás está envolvida em um escândalo de corrupção épico que viu até US$ 10 bilhões desviados. A economia deverá encolher este ano e talvez também no próximo ano, o que seria o pior desempenho desde 1931. Os índices de aprovação de Dilma Rousseff já caíram para 13%. Parece que foi ontem que o País festejava boas novas. Portanto, a queda foi espetacular. Infelizmente, a situação está suscetível a piorar ainda mais. A queda do encanto do Brasil é de sua própria autoria”. (Fonte: Agência Estado)

Eixo do poder

A presidente Dilma Rousseff deveria entender que já vive uma situação de parlamentarismo branco. O Poder Executivo perdeu força na comparação com o Poder Legislativo. Depois de ser reeleita, estava claro que Dilma Rousseff seria uma presidente mais fraca no segundo mandato devido a dificuldades na economia e na política. Mas erros na montagem do ministério e o plano fracassado de tentar derrotar Eduardo Cunha na disputa pela presidência da Câmara a enfraqueceram ainda mais. Passadas as eleições para as presidências da Câmara e do Senado, que aconteceram em 1º de fevereiro, havia uma avaliação no governo de que aquele momento seria o fundo do poço. No entanto, em 50 dias, a situação piorou muito. A presidente da República se enfraqueceu a ponto de o presidente da Câmara anunciar publicamente a demissão de um ministro de Estado antes do Palácio do Planalto. Foi o que aconteceu na semana passada no episódio de saída de Cid Gomes da pasta da Educação. Ficou claramente simbolizado ali que o eixo de poder em Brasília se inclinara do Executivo para o Legislativo. Estamos vivendo uma fase, que pode ser passageira ou durar todo o segundo mandato de Dilma, na qual há um parlamentarismo branco com cores peemedebistas. (Kennedy Alencar – rádio CBN)

Anúncios

Uma resposta em “24 de março de 2015

  1. Meu querido Prof,ratificando o post a cima sobre o CEFEC : O numero de pessoas presente no aniversario foi de mais 200 e sobre a divulgação foi feita sim, tanto é que o senhor os ajudou.E a respeito do funcionamento o Cefec encontra-se em pleno funcionamento de Segunda á Sexta das: 08:00 ás 16:00 hrs e Sábado e Domingo das 09:00 as 13:00 hrs .
    A comemoração [até onde chegou ao meu conhecimento] do nosso Centro Cultural so foi possível com a colaboração valiosa da Mirriam Boldin e Daila Puxarem e os seus funcionários.
    A perda maior foi ir ao evento e na hora da interatividade,não contar com a sua presença
    .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s