05 de março de 2015

Frase do dia

Se ser político é reclamar das injustiças, então, eu sou político. (Patativa do Assaré, poeta popular e repentista nordestino)

Descendo a ladeira

A atual administração municipal, que começou em 2011 e reafirmou em 2013 que cuidaria da população de Mangaratiba está, a cada dia, descumprindo tudo o que prometeu. Em Conceição de Jacareí, o posto de saúde não tem espaço abrigado para receber os pacientes antes de serem atendidos. Para minimizar o problema, foram colocadas tendas na área de entrada para os pacientes não ficarem sob o sol ou chuva. Pois não é que essas tendas foram retiradas por conta de, ao que se sabe, falta de pagamento da prefeitura ao fornecedor do equipamento!

A propósito

Vale registrar a manifestação indignada da Leila Castro a respeito do assunto em sua cobrança diária ao prefeito Capixaba: “Saúde precária, saúde desorganizada, pessoal sobrecarregado e pacientes maltratados. e para completar, pacientes desrespeitados em sua dor. Se você nunca passou pela experiência de sentir-se mal ou buscar atendimento para alguém e deparar-se com a desumanização do atendimento médico, então deveria um dia somente passar por esta experiência. Talvez, se você não tivesse distribuído tendas para festinhas de vereadores e pedidos particulares para festas, os custos teriam sido menores e quando precisássemos de fato, não passaríamos por esta vergonha e humilhação.

Descendo a ladeira II

Não é só na saúde que as coisas estão indo cada vez de “mal a pior” no município. Na área da educação as coisas também estão complicadas, basta ler o desabafo de uma professora: “As escolas continuam sem professores, mediadores, professores de educação física e artes. Sou professora do 4º. ano e ontem eu e algumas colegas fomos pegas de surpresas pela direção dizendo que devemos cumprir uma carga horária de 5 horas por dia.  Porque disseram que “está no edital”. A vida toda trabalhei 4 horas e meia. Em qualquer município é assim. Ainda disseram que não vai ter educação física de 1 ao 5 ano. Sendo que não é nossa atribuição e a mesma é obrigatória na educação básica. Cada dia que passa é uma novidade. Estou muito desmotivada. Falta material, apagador, xerox, caneta para quadro branco. Falta, principalmente, vergonha na cara desses senhores.”

Descendo a ladeira III

Quem diria que alguém fizesse um agradecimento público por ter sido demitido! Pois foi isso o que fez o médico Marcelo Souza: “Quero agradecer ao ex secretário de saúde e o senhor prefeito por terem me demitido do hospital depois de 16 anos de muito trabalho e dedicação, e é por amar nosso hospital que agradeço por não presenciar o caos em que nosso hospital se encontra, não quer dizer que esteja feliz, muito pelo contrário, fico muito triste e preocupado com o rumo que está tomando. Hoje o lema da saúde de Mangaratiba é: cuide-se quem puder” (Marcelo Souza, médico, via Facebook)

Na aba

Como publicamos ontem, o Evando Perninha, de Conceição de Jacareí, estava fazendo uma mobilização, através de abaixo-assinado, postulando aumento da segurança naquele distrito. Ele conseguiu mais de duas mil assinaturas nesse processo. Pois não é que, liderados pelo Edu Jordão, os nossos nobres vereadores encamparam a causa e, de repente (como diria o poeta Carlos Drummond de Andrade) “não mais que de repente”, todos os onze vereadores de Mangaratiba se interessaram pela causa e assinaram a moção do vereador dirigida ao comandante do 33 BPM?

Ali do lado

Os grevistas de Itaguaí, ao utilizarem a estratégia de acampar na frente da prefeitura e, lá mesmo, produzirem a comida para o sustento dos manifestantes a partir de doações de moradores, conseguiram atrair a imprensa do estado. O fato já é notícia em vários jornais, como o “Globo”, “Extra” e o “Dia”. Além disso, uma equipe do RJTV permaneceu de plantão no local todo o dia de ontem.

Acertos & Maluquices

O acerto

A eleição desta tarde desperta em mim dois sentimentos, o orgulho e o senso de responsabilidade. Serão dois anos de intenso trabalho, com estes três temas que são os pilares da inclusão social: Educação, cultura e esporte. Esta comissão confirma minhas próprias convicções na importância da atuação em conjunto destas três áreas. Durante minha gestão darei atenção ao Plano Nacional de Educação, aprovado ano passado, com metas para os próximos 10 anos, ao programa Nacional de Fomento e Incentivo à Cultura, assim como às Olimpíadas e ao fomento ao esporte no país. (Senador Romário, ao assumir a presidência da Comissão de Educação Cultura e Esportes da câmara federal)

A maluquice

Diante da escassez de investimentos públicos para os tratamentos de usuários de drogas no Estado e da alta taxa de ocupação das vagas públicas destinadas a esse tipo de abordagem, Minas poderá adotar uma medida polêmica: reservar 10% das vagas em concursos públicos no Estado para dependentes químicos. A sugestão foi feita pelo presidente da Comissão de Enfrentamento ao Crack, o deputado estadual Vanderlei Miranda, durante o ciclo de debates Um Novo Olhar sobre o Dependente Químico, encerrado, ontem, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. “Fomos muito cobrados de que o poder público não ajuda na reinserção de usuários de drogas. Sugeri isso ao governo, mas ainda não obtive resposta para decidirmos o que fazer”, afirmou.  (Fonte: O Tempo.com.br, Minas Gerais)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s