28 de fevereiro de 2015

Frase do dia

O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. (Fernando Pessoa)

Manobra

Na sessão da última quinta-feira da câmara municipal de Mangaratiba quando, oficialmente, começaram a contar os prazos das duas comissões processantes destinadas a apurar as denúncias relacionadas à atual gestão municipal, uma das comissões não pôde iniciar seus trabalhos vez que, composta (por sorteio) pelos vereadores André Banana, Rodrigo Bondim e José Luiz do Posto, apenas o vereador José Luiz compareceu. Os outros dois, apesar de só terem a obrigação de comparecer à câmara dois dias por semana, não “deram as caras.”

Olho vivo

Na semana anterior ao carnaval uma jovem mulher, que trabalha no instituto Boto Cinza ao se dirigir para sua residência no horário de almoço, foi atacada por um homem que tentou estuprá-la. Na ocasião, ela conseguiu se livrar. Seu marido ainda correu atrás do agressor, sem sucesso. A partir de então, as funcionárias do IBC têm feito seus deslocamentos em duplas ou são acompanhadas por familiares, maridos ou namorados.

Tá pegando

Itaguaí, S.J. Meriti e, em breve, Mangaratiba, estão constatando que o país vive novos tempos no que diz respeito à fiscalização e punição a gestores públicos que se julgavam acima das leis. O prefeito de São João de Meriti, Sandro Matos, acaba de ser condenado pelo Tribunal de Contas do Estado, a devolver, com recursos próprios, R$ 78,2 mil aos cofres da Prefeitura, por ter comprado alimentos a preços superfaturados. O valor corresponde ao que foi pago a mais para a empresa Comércio e Indústria de Alimentos São Judas Tadeu Ltda., que, em 2009, recebeu R$ 318.815,76 para fornecer gêneros alimentícios para a Secretaria Municipal de Obras e Urbanismo.

RJTV

Já o município de Itaguaí foi objeto de matéria nas três edições do jornal RJTV de ontem em vista do indiciamento, pela polícia federal, da vereadora Miriam Pacheco, que tinha uma cota de funcionários fantasmas na prefeitura de cujos salários ela ficava com a maior parcela. Foi iniciada pelo crime de “organização criminosa” e possivelmente deve perder o mandato quando o assunto for analisado pela câmara. Na matéria exibida no jornal do início da noite, o presidente da comissão processante afirmou que pedirá à justiça o afastamento imediato do prefeito, já que ele não forneceu à comissão os documentos solicitados.O prazo para esse envio encerrou-se às dezessete horas de ontem.

E se ela falar?

Os vereadores Silas Cabral, Carlos Kiffer, Jorginho, Marcio Pinto, Mirian Pacheco, Robertinho, Vicente Rocha , Eliezer Lage e Zé Domingos, entraram com um processo para anular a sessão que instaurou a CPI contra o senhor prefeito. Porém a juíza Priscila Fernandes indeferiu  o pedido e a CPI continuará investigando o executivo. Aliás a Câmara Municipal também tem o poder de abrir processo semelhante, caso queira investigar algum vereador da casa. Mirian Pacheco já foi indiciada pela Polícia Federal e se condenada pode ficar presa de 3 a 8 anos. Desse grupo citado haverá mais parlamentares que em breve serão ouvidos pela polícia. Ao que se parece essa total obediência ao executivo pode mascarar o temor de revelações que os comprometam. (Fonte: Boca no Trombone)

Lente de aumento

A Polícia Federal descobriu que quatro vereadores de Itaguaí estão manobrando para inviabilizar o impeachment do prefeito Luciano Mota. Para isso, já teriam recebido até mesmo vantagens. (Fonte: Jornal Extra)

Nota oficial

A Câmara de Municipal de Itaguaí, diante das notícias veiculadas pela imprensa em 26 de fevereiro de 2015, sobre o indiciamento da vereadora Mirian Pacheco em inquérito policial em trâmite e, ainda, acerca de vídeo no qual evidencia a prática de ato de corrupção visando impedir o funcionamento de Comissão Parlamentar Inquérito, esclarece em nota oficial que, em relação ao indiciamento da vereadora Mirian Pacheco estará sendo requerido à Polícia Federal cópia do depoimento da parlamentar, após  serão tomadas as providências regimentais.

Ostentação

Na noite do dia 19 de dezembro de 2013 o prefeito tucano Luciano Mota, que estava perto de completar um ano de mandato como chefe do Executivo de Itaguaí, decidiu que era uma boa oportunidade para tomar um champanhe. Escolheu o Coliseo Bar e Restaurante, na Avenida Epitácio Pessoa, 1480, na Lagoa, capital do Rio de Janeiro. Lá, além de 11 garrafas de água mineral sem gás, duas de refrigerante Coca-Cola e uma porção de sashimi de salmão e manga, Luciano consumiu duas garrafas de champanhe Don Pérignon Lumin Rose. Cada uma das garrafas do melhor champanhe do mundo, produzido pela casa francesa Moët et Chandon, custou R$ 2 mil. A conta da balada de Luciano Mota foi, pelo menos, R$ 6.455. Como prefeito, Luciano ganha um salário de R$ 25 mil. (Fonte: Jornal Atual)

Minha casa pior

Um dos programas eleitoreiros da presidenta Dilma Roussef acaba de ser extinto. O governo federal decidiu suspender o programa Minha Casa Melhor, linha de crédito especial para os beneficiários do Minha Casa, Minha Vida adquirirem móveis, eletrodomésticos e eletrônicos a taxas de juros subsidiadas. Para operar o programa, a Caixa Econômica Federal recebeu do governo uma capitalização de 8 bilhões de reais em junho de 2013. Do valor total, 3 bilhões de reais foram direcionados para os financiamentos do programa. O restante foi usado em outra operação. Até dezembro, 18 meses após o lançamento do programa, 640.000 famílias tinham recebido os cartões do Minha Casa Melhor. Foram oferecidos 3,2 bilhões de reais em crédito, dos quais 2,4 bilhões de reais foram realmente contratados.

Anúncios

4 respostas em “28 de fevereiro de 2015

  1. Esse cara tem que sair logo, assim como o de Mangaratiba!

    Quando ele estava na Lagoa eu também estava lá, não com ele , lógico, porém ele chegou bebendo vodka de boa qualidade, de carona com um motorista em um VW jetta preto.

    Lembro muito vem do episódio.

  2. Anonymoussssss…..vc tb é frequentador da Igreja Protestante que o referido prefeito frequenta….Pelo q sei vcs protestantes!!…………….

  3. O meu comentário é referente a desordem que, lamentavelmente, está acontecendo, mas, estou certo de que este ano será feita a justiça necessária para a punição de todos os envolvidos nessa corrupção.
    Mas, o que mais me entristeceu, foi o falecimento do meu querido amigo Luiz Matos.
    que Deus o receba e que lá no Céu, o seu espirito descanse em paz.
    A família os meus pêsames, pois, ele jamais será esquecido.
    Em 03/03/2015
    Dr. Plinio Figueiredo e família

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s