25 de janeiro de 2015

Frase do dia

Um amigo falso e maldoso é mais temível que um animal selvagem; o animal pode ferir seu corpo, mas um falso amigo irá ferir sua alma. (Buda)

Direitos e garantias

Por decisão da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que acolheu recurso do Ministério Público, pessoas acima de sessenta anos tem direito a gratuidade nos ônibus da cidade do Rio de Janeiro apenas com documento de identidade. O descumprimento pode render multa estipulada em R$300 mil.

Direitos e garantias II

O Ministério Público do Rio de Janeiro obteve na última semana, junto à Justiça do Rio, uma decisão que obriga a concessionária de energia elétrica Ampla a melhorar os serviços prestados em Angra dos Reis, sob pena de multa de R$ 10 mil para cada reclamação registrada junto à Agência Nacional de Energia Elétrica por defeito na prestação de qualquer serviço de responsabilidade da empresa. Além da multa fixada, a empresa  também foi condenada a pagar R$ 10 milhões de reais em caso de persistência dos inúmeros problemas e falhas na prestação de seus serviços por mês ou fração mensal em que não for alcançada a taxa mínima de eficiência imposta pela Aneel. (Fonte: Angranews)

Boto cinza

No sábado (17/01), aconteceu mais um passeio de turismo de observação de botos-cinza. Se você quiser agendar um passeio para observar de perto os botos-cinza, entre em contato pelo telefone (21) 7768-8325 ou pelo email turismo@institutobotocinza.org

Cultura

A Universidade Estadual Paulista, através da Cultura Acadêmica, está disponibilizando 120 livros em formato digital para download gratuito. Boa leitura:  http://goo.gl/ecLJAA

Cultura II

Quer visitar museus ao redor do mundo sem sair de casa? O instituto cultural do Google criou um site só para isso. Nos museus virtuais é possível, de forma gratuita, apreciar inúmeras obras de arte. Clique no link: http://tinyurl.com/o9ocmud

Bom dia prefeito

Repercutindo a postagem da Leila Castro na rede social. “Prefeito, já soube da novidade? Vai ter um fim de semana tranquilo, longe da mídia e conseguiu adiar por mais um tempinho a participação de Mangaratiba na telinha da Globo. Achei até legal, pois assim entramos no mês de carnaval e poderemos comemorar de todas as maneiras. E sabe da melhor? Eu vou acabar ganhando um presente de aniversário. Assim, espero que  a folia seja antecipada para mim e eu receba um “plim plim” de presente para comemorar. Mas, como não sou egoísta, também espero que logo depois, na outra semana, você ganhe o presente de aniversário, só que do MP! Enquanto isso não acontece, vou te informar de algo que deve servir para sua reflexão: Sabe, o município vizinho, aquele que também está metido até o pescoço em situações vergonhosas? Aquele cujo governante tem o apelido de “prefeito ostentação”? Acredite, está reformando todas as escolas durante este período de férias! Fiquei até pensando. Estamos mesmo no fundo do poço. Por aqui,  a desfaçatez é tamanha que  já nem se importam em disfarçar a arrogância e o desprezo por nossa população. Prefeito, vou te lembrar de um ditado popular que cairá muito bem para este momento em que  muitos pensam que a impunidade é infinita. “Não há bem que sempre dure, nem mal que nunca se acabe!” Perseverança é a arma da população contra um político “lambão”! Bom dia, prefeito!” (Leila Castro – via facebook)

Para pensar

O horroroso desempenho da imensa maioria dos estudantes brasileiros nas recentes provas do Enem deveria ser motivo mais do que suficiente para que a presidente Dilma Rousseff convocasse o seu ministério para uma reunião extraordinária e a cada um dos integrantes de sua equipe perguntasse: “O que é que está havendo? Por que mais de meio milhão de alunos tiram zero numa prova de redação?” Depois de ouvir as respostas, a presidente poderia dirigir uma nova pergunta: “E o que precisamos fazer para mudar isso?” É claro que uma simples reunião ministerial, ainda que comandada pela presidente, não iria resolver, num passe de mágica, esta vergonhosa situação em que se encontra a educação brasileira. Mas, já serviria para mostrar à população que o assunto preocupa o governo e que algum tipo de solução estaria por vir. Não foi o que aconteceu. Afinal, o que estarão pensando os educadores do mundo inteiro, a ONU e outros organismos internacionais depois de serem informados de que no Brasil mais de quinhentos mil estudantes não sabem dizer o que pensam num texto simples de trinta linhas?

Repercussão

Quando em um universo de quase seis milhões de alunos só 250 tiraram a nota máxima na indispensável redação, pode-se inferir que estamos diante de uma fase caótica, a exigir providências que não podem mais tardar. Só o discurso bonito não produz efeitos práticos. (Do acadêmico Arnaldo Niskier)

Repercussão II

Aos 539 mil estudantes, que tiraram zero na redação do Enem, gostaria de sugerir o seguinte: ao receber o tema para dissertar, esqueçam os professores, não pensem na nota e se lixem para os que não vão concordar com vocês. Digam apenas o que acham daquilo que está sendo apresentado. E se não acharem nada, digam isso em 30 linhas. Legíveis, é claro. Se depois da prova sobrar tempo, leiam um livro. Faz bem. (post na página do Facebook)

Repercussão III

Entre os seis milhões de nossos melhores alunos do ensino médio, os que fizeram o Enem, 500.000 tiraram nota zero na redação, apenas 200 tiraram a nota máxima. Mais grave é a baixíssima nota média dos alunos em cada setor avaliado. A educação do Brasil foi reprovada em todos os setores. Ainda mais grave, em alguns destes setores houve uma piora do ano passado para este. Mais grave ainda, as exigências de educação crescem de um ano a outro e nossa qualificação piora. Muito mais grave, não percebemos a gravidade. (Do senador Cristóvam Buarque)

Para pensar

alexandre garcia

Anúncios

3 respostas em “25 de janeiro de 2015

  1. “A verdadeira amizade é aquela que nos permite falar, ao amigo, de todos os seus defeitos e de todas as nossas qualidades.”
    Millôr Fernandes

  2. Sempre ouvimos falar que existem dois tipos de políticos, os que roubam mas fazem e os que roubam e nada fazem. Pois bem, Mangaratiba em sua atual fase nos apresenta o terceiro tipo de político: o que rouba e ainda destrói o que existia feito. A Mangaratiba atual é como o castelo de areia e a atual administração é o mar que destrói o castelo. Se há dúvidas, lembre-se do antes e do agora. A propósito, cadê o cruzeiro de pedra em frente a Igreja do centro?

  3. Será que as pessoas que receberam o carnê do IPTU perceberam que as duas únicas realizações apresentadas pela prefeitura foi a pavimentação de ruas em Conceição de Jacareí e o asfaltamento de 6,5 Km na estrada de Ingaíba? Não sei quanto a Conceição, mas se não estou enganado, Ingaíba foi feito pelo Estado ou em convênio com este. Então isto é tudo que foi feito? Devem estar cansados de tão pouco.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s