9 de dezembro de 2014

Frase do dia

A vida poderia ser bem melhor se, em vez de haver corrupção entre os políticos, houvesse participação deles nas comunidades que representam. (José Guimarães)

Utilidade pública

O Núcleo Especial da Agenda 21, do Inea, e a secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca da Prefeitura de Mangaratiba convidam a população para debater sobre sustentabilidade ambiental e a coleta seletiva, que está prestes a ser implantada na cidade. O encontro será no Iate Clube de Muriqui, hoje, a partir das 9 horas da manhã. A reunião é fundamental para a construção da Agenda 21 de Mangaratiba. A secretaria convida ainda as associações em geral, cooperativas e movimentos sociais. O Iate Clube de Muriqui fica na Rua Tiradentes, 313. (Fonte: Portal da prefeitura de Mangaratiba)

Hipóteses

Com a atuação do ministério público e da polícia federal no município, começaram a circular especulações a respeito de como ficará a sucessão municipal. A realidade dos fatos é simples. Caso o prefeito Capixaba seja afastado do cargo, quem assume é o vice prefeito, Dr. Rui Quintanilha. O vice só seria cassado junto com o titular se a imputação de irregularidade fosse de caráter eleitoral, o que não é o caso.

Dia internacional de combate à corrupção

A Associação Ibero-Americana de Ministérios Públicos realizará, hoje, em Brasília uma conferência sobre corrupção, problema que atinge todos os países da comunidade e contra o qual o organismo tentará elaborar uma estratégia de combate comum. A conferência ocorrerá na mesma data do “Dia Internacional contra a Corrupção”, criado pelas Nações Unidas em 2003 com o objetivo de sensibilizar governos e sociedades para a necessidade de sanear a gestão pública e privada. A Procuradoria-Geral da República, que organiza a Conferência Internacional de Combate à Corrupção, informou que os promotores ibero-americanos elaborarão em Brasília um documento que conterá recomendações para melhorar a coordenação do combate à corrupção na América Latina, Espanha e Portugal.

Nota oficial

Assegura o procurador geral da república, Rodrigo Janot, em nota tornada pública no último sábado a respeito da operação Lava Jato: “Em respeito à função institucional de defender a sociedade e combater o crime e a corrupção, o Ministério Público Federal cumprirá seu dever constitucional e conduzirá a apuração nos termos da lei, com o rigor necessário. O procurador-geral da República não permitirá que prosperem tentativas de desacreditar as investigações e os membros desta instituição.” (Leia a nota completa em http://tinyurl.com/kr43h5q)

Aos olhos do povo

A maioria dos brasileiros acredita que a presidente Dilma Rousseff tem alguma responsabilidade no escândalo que envolve a Petrobras, empreiteiras e políticos, segundo pesquisa Datafolha publicada ontem no jornal “Folha de S. Paulo”. O levantamento, realizado em 2 e 3 de dezembro com 2.896 pessoas, indica que sete em cada dez entrevistados acham que a presidente também é responsável de alguma maneira pelos casos de corrupção que atingiram a estatal e vieram à tona com a Operação Lava-Jato.

Obstáculos

Técnicos do Tribunal Superior Eleitoral se manifestaram pela rejeição das contas de campanha da presidente Dilma Rousseff, do PT e do Comitê da sigla. O material será enviado ao ministro Gilmar Mendes, relator do processo de prestação de contas, que poderá acatar ou não a indicação. De acordo com os técnicos, 13% das saídas de recursos e 5% das entradas foram irregulares. A íntegra do relatório será enviada a Mendes e também ao procurador-geral Eleitoral, Rodrigo Janot. A partir dos dados dos técnicos, Mendes avaliará se os erros são de maior ou menor gravidade e redigirá um relatório e voto pela aprovação ou rejeição das contas. O material produzido pelo ministro será submetido ao plenário  do TSE. (Fonte: Valor Econômico)

Mais um “deus”

Um juiz do Maranhão deu voz de prisão a três funcionários da companhia aérea TAM, no último sábado, após ser impedido de embarcar em um voo para São Paulo. Testemunhas relataram que o magistrado, Marcelo Testa Baldochi, tentava embarcar no aeroporto de Imperatriz, no sudoeste do Estado, para São Paulo, mas teria chegado quando a aeronave já se preparava para decolar – quando já estavam encerrados, portanto, os procedimentos de check in. Segundo a polícia local, Baldochi chamou apoio policial para levar os funcionários à delegacia pois teriam cometido crime contra o consumidor. O magistrado, no entanto, não compareceu à delegacia para prestar depoimento. Os três funcionários foram ouvidos e liberados. O juiz embarcou no mesmo dia, mas com outra companhia aérea. (Fonte: Jornal do Brasil)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s