23 de outubro de 2014


Frase do dia

O dia de amanhã ninguém usou. Pode ser seu! (Pagano Sobrinho)

Agenda

Acontece hoje, a partir das nove horas da manhã a consulta pública sobre a APA Marinha Boto Cinza, no Centro Cultural Cary Cavalcanti, em Mangaratiba. O objetivo é esclarecer a comunidade pesqueira, os moradores e a sociedade civil do entorno da Baía de Sepetiba sobre a importância da APA Marinha Boto Cinza para a pesca artesanal e o ecossistema marinho da baía.

Resposta

Em nota divulgada nesta semana, a prefeitura de Mangaratiba apresentou suas razões para o rompimento político entre o prefeito Capixaba e seu vice, Dr. Rui. De acordo com a nota, a folha de pagamento do município aumentou demais por causa da gestão de Ruy enquanto era responsável pela área da saúde, além do mais, que a intenção de romper partiu do médico. Quanto ao ex-vereador Marquinho da Ilha, que se auto-denunciou ter feito parte do governo sem trabalhar e com salários em dia, o prefeito Capixaba assegura que ele responderá a processo administrativo para devolver aos cofres públicos o que recebeu indevidamente.

No clube

No grupo de exonerados pela prefeitura de Mangaratiba esta semana, estava o Eduardo Vieira o coordenador do Cefet de Itacuruçá. Segundo uma das participantes das atividades culturais promovidas na gestão do agora ex-coordenador “infelizmente vamos voltar à era da pedra lascada, com ele houve essa mudança mais cultural com contacto de pessoas que realmente vive e respiram cultura, principalmente com a universidade rural. As exposições vão deteriorar por falta de pessoa competente para contatar com pessoas do meio acadêmico e cultural e alguns cursos vão acabar, com certeza. Vai continuar o cabideiro de emprego para pessoas que nada sabem e nada fazem, só recebem salário e o Cefet vai ser nada dentro da cidade, que pena. Foi um respiro fora dessa lama de burrice local que acabou de ser enterrado de novo.“

Diferentes posturas

Ao ver Lula defendendo seu filho que recebeu R$ 15 milhões de reais da Telemar para tocar sua empresa, Élio Gáspari publicou essa história tirada do fundo do baú: “Em 1966 o presidente Castello Branco leu nos jornais que seu irmão, funcionário com cargo na Receita Federal, ganhara um carro Aero-Willys, agradecimento dos colegas funcionários pela ajuda que dera na lei que organizava a carreira. O presidente telefonou mandando que ele devolvesse o carro. O irmão argumentou que se devolvesse ficaria desmoralizado em seu cargo. O presidente Castelo Branco interrompeu-o dizendo: ‘Meu irmão, afastado do cargo você já está. Estou decidindo agora se você vai preso ou não’. E o Lula ainda alega que não existe ninguém ‘neste país’ com mais moral e ética do que ele. E ficou pior com a Dilma, mas claro, por trás, sempre o Lula.”

Além do limite da irresponsabilidade

Em comício ao lado de Dilma em Itaquera, distrito da Zona Leste da capital paulista, Lula falou mal da imprensa. Até aí nada demais. É direito dele. E nada tem de original. Mas, a certa altura do seu discurso, ele citou os nomes dos jornalistas Miriam Leitão, do jornal O Globo, e de William Bonner, apresentador do Jornal Nacional da Rede Globo de Televisão: “Daqui para frente é a Miriam Leitão falando mal da Dilma na televisão, e a gente falando bem dela na periferia. É o Bonner falando mal dela no “Jornal Nacional”, e a gente falando bem dela em casa. Agora somos nós contra eles, ameaçou Lula.” Mais tarde, no teatro da Universidade Pontifícia de São Paulo, no bairro de Perdizes, Lula voltou a criticar a imprensa. E a citar Míriam Leitão e a Rede Globo. Dilma e líderes do PT que testemunharam os discursos de Lula sorriram com o que ele disse. Certamente não pensaram numa coisa e, se pensaram, não deram importância. Lula expôs dois jornalistas à ira dos seus seguidores fanáticos.

Continua

Com Lula, nada é por acaso. O objetivo é um só: constranger o mediador do debate, colocando o eleitorado do PT contra ele. Se Dilma for interrompida porque estourou o tempo, a culpa será de Willian Bonner. Se Dilma tiver um desempenho pífio, as suas deficiências serão creditadas a um golpe da Globo e do apresentador, que a deixaram nervosa e pressionada. A partir de ontem, Bonner está desafiado a provar, sendo mais duro com Aécio, que não está contra Dilma. Pelo menos este é o objetivo de Lula, com o seu ataque ao jornalista. Por trás disso tudo, que não é um episódio, é uma campanha, está a meta de Lula de implantar o controle social da mídia, a exemplo dos países que fazem parte do Foro de São Paulo. Destruída a oposição, por uma máquina de assassinar reputações, o último passo será calar a Imprensa. Ontem Lula deu nome aos bois. Em várias oportunidades, nos últimos meses, ao conceder longas entrevistas aos blogs patrocinados pelo governo, de onde são propagadas as piores calúnias contra Aécio Neves, já havia feito referências semelhantes. Lula deixa muito claro onde quer chegar. Infelizmente, se Dilma vencer estas eleições, alcançará seu intento. As redações são majoritariamente bolivarianas e apoiarão. Os colunistas que ainda opinam contra o governo, estes serão dizimados. As empresas de comunicação serão perseguidas e varridas do mapa. A Venezuela e a Argentina moram ao lado. Só não enxerga quem não quer. (Ricardo Noblat)

Decolando

Enquanto aqui em Mangaratiba comemoram a implantação de cursos de manicure, recepcionista e quetais, a partir do segundo semestre do ano que vem Angra dos Reis contará  com um curso de Medicina. Nessa terça-feira a prefeita de Angra, Conceição Rabha, assinou com o Ministério da Saúde, o termo de compromisso que assegura a implantação do curso de graduação na cidade. Segundo o representante do governo federal, Jerzey Timoteo, o próximo passo é a escolha da faculdade que será responsável pelo curso. Ele destacou a importância da conquista e elogiou o sistema público de Saúde em Angra. O município de Angra disputou esta escolha com dezenas de municípios e atendeu a todos os requisitos. Para a prefeita Conceição Rabha, a conquista da faculdade de Medicina comprova o acerto dos investimentos em Saúde na cidade. De janeiro a agosto deste ano, o município investiu R$ 109 milhões em Saúde, ampliando programas e assegurando a abertura e o funcionamento do Hospital Geral da Japuíba, aberto ao público após nove anos de espera. Outra mudança sentida na Saúde, de 2013 para cá, também observada pelo governo federal, foi o crescimento da cobertura em postos do Estratégia de Saúde da Família, que de 18 equipes completas, saltou para 62 equipes.

Qual será?

A tarefa de escolher a instituição de ensino que oferecerá a faculdade de Medicina é do Ministério da Educação. A escolha deve ser feita ainda este ano. Três instituições já demonstraram interesse em participar da seleção: Estácio de Sá, Unigranrio e Suprema (de Juiz de Fora/MG). No estado do Rio de Janeiro, além de Angra, apenas Três Rios foi beneficiada nesta etapa. A concorrência pública será para abertura de 55 vagas aos estudantes de medicina em Angra. Além dos requisitos técnicos, como instalação e corpo de professores qualificado, as faculdades interessadas deverão atender a outros critérios: garantir melhor contrapartida em Saúde ao município, menor mensalidade aos estudantes e maior adesão aos programas Fies [Fundo de Financiamento Estudantil] e Prouni [Programa Universidade para Todos]. Segundo o representante do governo federal, o curso já seguirá as diretrizes do novo SUS, que destina 30% da carga horária do aluno ao estudo prático em unidades básicas e nas urgências e emergências. Com a vinda da faculdade para Angra, a chance do profissional que estuda aqui se fixar no município é de mais de 80%, segundo dados do próprio Ministério. (Fonte: Angranews)

22 de outubro de 2014


Frase do dia

A lealdade e a confiança devem estar acima de qualquer coisa. (Confúcio)

Desagravo

Na sessão da tarde de ontem na câmara municipal de Mangaratiba, por indicação do vereador Alan Bombeiro, foi realizada uma homenagem, na forma de “Moção de Congratulações”, à deputada estadual Andréia Busatto, que recuperou, junto ao Tribunal Superior Eleitoral, sua condição de deputada estadual eleita pelo povo do Rio de Janeiro. O documento de congratulações foi assinado por todos os onze vereadores do município e a sessão de homenagem presidida, com respeito, “pompa e circunstância”, pelo vereador Pedro Capixaba.

Se cuidem

Há uma candidata nova na disputa eleitoral para a câmara municipal de Mangaratiba em 2016. Trata-se da Sônia Catiço, conhecida no município como mais uma “destrambelhada”. Pois, para os menos atentos, ela até já tem jingle de campanha que começa assim: “Mangaratiba tem mulher de compromisso. Pra vereadora, vote na Sônia Catiço.”

Incidente

Aos poucos, o município está sendo invadido por moradores de rua. Além daquele que, “vira e mexe”, se aboleta no coreto em frente à igreja de Santana, há pelo menos mais outros três rodando em Itacuruçá. Na tarde de ontem, um desses invadiu uma residência no final da Brasilinha. Um atento morador da área o conteve e chamou a polícia militar. A atuação da guarnição, no entanto, deixou muito a desejar, já que nem deteve o invasor e nem buscou solução para o que eles mesmos chamaram de “problema social a cargo da prefeitura.” O invasor do imóvel foi liberado pela polícia sem ter sido, sequer, devidamente identificado.

Em fogo baixo

O andamento de algumas questões que interessam à população costuma ser tão lenta que parecem ter sido esquecidas. Aquelas denúncias de dois anos atrás, a respeito da utilização de notas frias e empresas de fachada de S.J. Meriti, utilizadas no desvio de verbas públicas em Mangaratiba e que, na época, até resultaram em uma frustrada CPI, estão de volta. A promotoria de tutela coletiva de Angra dos Reis, que abrange o nosso município, após a coleta de informações adicionais, conseguiu instaurar, no âmbito judicial, um inquérito civil. Dando seguimento à denúncia, a justiça solicitou, nos últimos dias, informações adicionais sobre o assunto à câmara municipal de Mangaratiba. É prudente que os envolvidos coloquem suas “barbas de molho”.

Última semana

Os tucanos começaram a semana otimistas: ontem, no começo da noite, Aécio liderava com 52 x 48% no tracking interno. Trata-se de medição diária de até 2 mil entrevistas, que apontaria a tendência do eleitorado.  De outra parte, a turma da teoria da conspiração está a mil. Surgiram boatos de internação hospitalar de Lula, para provocar comoção, e até mesmo da simulação de um atentado contra Dilma.

Remédio

O ministro Dias Toffoli, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, decidiu convocar plantão a partir da noite da próxima sexta-feira, último dia de propaganda eleitoral no radio e na tevê. Ele também abriu prazo de quatro horas, a partir da exibição dos últimos programas, para o caso de desrespeito à proibição de baixarias. Direitos de resposta podem ser concedidos para serem exibidos no sábado, véspera do segundo turno.

Imagem do dia

Depois de traída e literalmente “achincalhada” pelos políticos locais, a deputada estadual Andréia Busatto teve, ontem, um dia de “lavagem da alma” na câmara municipal de Mangaratiba. Vale a referência bíblica: “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu.” Eclesiastes 3:1Foto0062[1]

21 de outubro de 2014


Frase do dia

Nós, que acreditávamos que a esperança ia vencer o medo, agora esperamos que a esperança vença a lambança. (Chico Alencar – Dep. Federal do Psol)

Convite

Acontece hoje, no Centro Cultural Cary Cavalcante, em Mangaratiba, sob coordenação da secretaria do meio ambiente agricultura e pesca, a reunião da agenda 21. O tema principal é a questão da Sustentabilidade em Mangaratiba.

Sugestão

Uma “dica” para os nobres vereadores da câmara municipal de Mangaratiba. O Programa Interlegis, do Instituto Legislativo Brasileiro, está oferecendo a todas as câmaras municipais do país um portal para internet que já vem com TV e rádio Legislativa. Isso vai permitir transmissões ao vivo de sessões plenárias, mesmo sem equipamentos profissionais. O portal modelo, desenvolvido pelo Interlegis, já vem pronto pra uso e permite que a casa legislativa crie e publique o seu próprio site na internet de forma autônoma e sem a necessidade de contratar serviços especializados. O novo portal tem galerias de fotos, vídeos e áudios, nas quais podem ser armazenados os arquivos que a câmara desejar – que podem ser feitos pelo seu próprio pessoal ou que estejam disponíveis na internet. As possibilidades que se abrem com a TV e a rádio legislativa são amplas, sobretudo porque se pode lançar mão de aplicativos e outras ferramentas gratuitas disponíveis na internet. (Fonte: Agência Senado)

Pega na mentira

No debate na TV Record, Dilma, ao falar sobre segurança pública no Estado de Minas Gerais, afirmou que metade dos municípios não possuem delegacias de polícia. O site “Preto no Branco”, criado por “O Globo” para tirar a limpo o que é dito nos debates, desmentiu a presidente e afirma que é falsa a declaração de Dilma. O site conferiu a informação verdadeira constatando que são apenas dezoito municípios mineiros que não têm delegacias.

Sem poder negar

A presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, disse que houve desvio de dinheiro público em contratos da Petrobras e que, diante disso, vai tomar as medidas necessárias para ressarcir “tudo e todos”. Ela afirmou ainda que quem cometeu irregularidade tem que pagar. “Ninguém sabe ainda o que é que deve ser ressarcido, porque a chamada delação premiada, onde tem os dados mais importantes, não foi entregue a nós. Agora, ressarcir, eu farei todo o meu possível para ressarcir o país se houve desvio de dinheiro público. Nós queremos ele de volta. Se houve, não. Houve, viu?”, completou, admitindo irregularidades na administração da estatal. (Fonte: Valor Econômico)

É a economia

Se o PT continuar no poder vai repetir os mesmos erros, porque a visão da presidente, sobretudo na área econômico-financeira, já está declarada. Ela enxerga o mundo por intermédio de lentes dos anos setenta do século passado. Foi o período da chamada substituição de importações, que teve por objetivo trazer mais empresas para o Brasil, defender as existentes por intermédio de proteção tarifária e esquecer de dar qualidade e bom preço ao consumidor brasileiro. O modelo se inspira também no tripé iniciada, muito lá atrás, por Getúlio Vargas, que contempla, um banco de fomento, no caso o BNDES, incentivo a empresas nacionais e controle político dos sindicatos. Quem criou essa fórmula foi, na verdade, Benito Mussolini, na Itália. Não haverá novidades no eventual segundo governo Dilma. Ela vai conservar a maneira autocrática de governar. Parece personagem adequada para viver numa atmosfera soviética. Burocracia e poder juntos. Tudo muito lento, descolado da realidade e imposto ao povo pela publicidade oficial. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, que se conservou íntegro e a salvo do aparelhamento ocorrido na Petrobras, mostrou que a desigualdade aumentou no país e o desemprego voltou a assombrar os trabalhadores. Especialistas dizem que a economia brasileira é como uma vaca a caminho do brejo. Vai chegar lá. Só depende da velocidade da vaca.

Continua

Deve ser por essa razão que a Bolsa de Valores brinca com os resultados das pesquisas de intenção de voto. Quando a candidata Dilma perde, as ações sobem de preço. Quando a petista melhora, as ações mergulham. Esse ente mítico chamado mercado, composto por investidores de todos os calibres, não confia na presidente da República. Empresários também não. O resultado é a falta de confiança no futuro, o sério problema da desindustrialização, custo Brasil em alta e, por último, inflação e desemprego. Nada disso aconteceu de uma semana para outra. Trata-se de um processo que ocorreu nos últimos dois ou três anos. Quem sustentou o contrário, perdeu. Até o otimista Guido Mantega, que tentou colorir o quadro cinza, perdeu o emprego. Foi demitido por antecipação. (André Gustavo Stumpf – jornalista)

Vale tudo

É violento o fogo de barragem promovido pelo marketing do Partido dos Trabalhadores. É bombardeio para destruir tudo que estiver vivo no território adversário. Além de manter o poder, os petistas, que estão há doze anos no poder, não querem retornar a vida de antes. Eles desfrutam das mordomias governamentais e dos bons empregos. Deixar de usufruir essa doce vida é difícil. Então vale tudo para se manter no poder e permanecer em posição de mando. O líder do MST já prometeu invasões todos os dias, todos os momentos, caso a presidente Dilma não seja reeleita.

Contra-ataque

O que pouca gente sabe é que a presidente Dilma Roussef ainda é funcionária da Fundação de Economia e Estatística, a FEE, RS. Sua identidade funcional é 2963736, cargo técnico X-26, segundo apurou o editor. Ela estava em condições de pedir aposentadoria em 2010, quando disputou a presidência, mas achou mais prudente não fazer marola com o caso, porque a mídia iria investigar o caso e descobrir que ela não trabalhou ali em 25 dos 30 anos necessários para se aposentar com salário integral equivalente ao de presidente da FEE, cargo que ocupou no governo Collares. Foi por isto que pediu suspensão do contrato de trabalho no dia 29 de março de 2010. Vai pedir aposentadoria quando sair do governo e o caso não virar mais notícia.  (Fonte: Políbio Braga)

Cassandras

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou na manhã de sábado para João Santana, o marqueteiro da campanha: “não acredito que a Dilma vá ganhar essa eleição, nossa derrota começou com a humilhação para a Alemanha e terminou com o debate do SBT”, e continuou “Esperava que todo o dinheiro que gastamos ao longo desses 12 anos de poder em doutrinação nas escolas e universidades seria suficiente para garantir nosso poder para sempre, porém o Brasil realmente acordou em 2013 e agora é esperar a nossa derrota para tentar usar nossos idiotas úteis para protestar até o Aécio sair”. João Santana, que afirmou que Dilma ganharia em primeiro turno, não quis comentar o caso. Na última pesquisa encomendada pelo próprio PT, Aécio aparecia com 57% das intenções de votos, contra 33% da Dilma.

Bússola

As campanhas eleitorais trabalham com pesquisas qualitativas, apelidadas de “quális” por políticos, jornalistas e especialistas. Elas indicam o que “pegou bem” e o que “pegou mal” na propaganda própria e alheia, qual assunto cola e qual não cola e por aí adiante. O PT apostava, até outro dia, que a roubalheira na Petrobras não iria “pegar”. Parecia um assunto lá na estratosfera. Aliás, certos grupos políticos estão de tal sorte acostumados a assaltar as estatais que, diante de mais uma denúncia, dão de ombros: “Ah, ninguém liga; as pessoas não entendem”. Sim, é isto mesmo: no Brasil, escândalo grave é só aquele que as pessoas “entendem”. Mas veio a público o depoimento de Paulo Roberto Costa e o PT entrou em parafuso. Qual foi a primeira postura de Dilma, do PT e do marketing? Atribuir as evidências de corrupção na Petrobras a uma grande conspiração das oposições, da “mídia” e das pessoas supostamente interessadas em privatizá-la. A mentira funcionou em 2002, em 2006 e em 2010. E tinha potencial para funcionar de novo em 2014. Até que veio a público a voz de Paulo Roberto, com cadência burocrática, contando como são as coisas. Só agora, a uma semana da eleição, Dilma admite a roubalheira na Petrobras. E o faz ainda com aquele jeito falso-descontraído que tenta afetar às vezes. E, mais uma vez, promete fazer isso e aquilo se for reeleita, como se já não fosse presidente da República.  Até anteontem, mesmo Paulo Roberto se dispondo a devolver R$ 70 milhões aos cofres públicos , a presidente da República insistia na tese conspiratória. Por que Dilma “mudou”? Por causa das “quális”. João Santana identificou que o assunto “pegou”. (Por Reinaldo Azevedo – revista Veja)

Estertores do jogo sujo

A campanha do candidato Aécio já se prepara para uma última jogada rasteira da campanha petista.Jogo sujo

20 de outubro de 2014


Frase do dia

Nada do que foi, será, de novo, do jeito que já foi um dia. Tudo passa. Tudo sempre passará. (Como uma onda – Lulu Santos)

Embaralhando 2016

A decisão do TSE da última quinta-feira embaralhou as cartas para a disputa eleitoral de 2016 em Mangaratiba. Se, nas últimas eleições, eram apenas quatro os postulantes, agora, teremos o vice, Dr. Rui, o Pedro Capixaba, a deputada Andréia Busatto, o Aarão, o Zé Luiz do posto, o Madeira e quem sabe a Colonese. Há quem diga que o ex-prefeito Aarão não será candidato, em vista de impedimento legal, e que pretenda lançar sua esposa e ex-secretária de educação Mônica.

Perdendo espaço

Um observador do cenário político municipal assegura que o vereador e presidente da câmara, Pedro Capixaba, vai perder muito espaço político por conta das demissões de funcionários contratados. Aliás, ao que se tem notícia, a guilhotina das demissões continua nesta semana e o número de demitidos deve alcançar bem mais do que os quinhentos inicialmente divulgados.

Reações

- Uma amiga, profissional difícil de encontrar, dedicada e acima de tudo muito competente e moradora do nosso município, foi exonerada. Só quem perde somos nós moradores e contribuintes. Fico indignada porque somos assim julgados sem ter ao menos a chance de falar. Dedicar tantos anos de trabalhos prestados e com dignidade e de repente está assim no olho da rua. Me dê uma resposta, Pedro Bertino Vaz. Minha família e eu sempre estivemos com você e acreditamos no governo.

- Eu também fui pro olho da rua. Sou cria daqui. Tiraram o pão da boca dos meus filhos, esses covardes.

- Será que determinadas pessoas conseguem colocar a cabeça no travesseiro e dormir uma noite de sono tranquila depois de cometer uma grande injustiça contra uma ótima profissional? Pior que deve e dormir e muito bem!

- Infelizmente, para se trabalhar nesse município você tem que “babar ovo” de alguém. Eles não te reconhecem pelo seu profissionalismo, pela capacidade que você tem.

Clube dos quinhentos

É bom lembrar aos funcionários que estão sendo demitidos que eles têm o direito a receber a quitação trabalhista, aqui no município chamada de “resíduo salarial”, sem a necessidade de ficar pedindo favor. O trabalhador “contratado” da prefeitura está submetido ao regime da CLT e tem, portanto, os seguintes direitos: Aviso prévio: o valor de um salário. Aviso prévio proporcional que, desde 2011, o trabalhador deve receber mais três dias no aviso para cada ano de trabalho do funcionário. Saldo de salário: os dias trabalhados no mês da demissão. Férias vencidas: Se o trabalhador já tinha direito a tirar um mês de férias e não saiu, deverá receber um mês de salário na rescisão além de um terço do quanto você recebe. Férias proporcionais: a conta do que pagar a partir do dia em que tinha direito a tirar as próximas férias. 13° salário do ano da demissão: vale o período entre o dia primeiro de janeiro e o mês em que foi desligado.Multa de 40% sobre o saldo do FGTS: Além de poder sacar o FGTS após a demissão sem justa causa, no dia da rescisão cairá nessa conta do fundo um valor de 40% do quanto foi depositado lá enquanto era funcionário. Estabelece a legislação trabalhista que esse pagamento deve ser feito em até dez dias corridos após a exoneração.

Vale divulgar

A respeito dos últimos acontecimentos no município, assim se manifestou o vereador Alan Bombeiro: “Na sessão de quinta-feira da Câmara Municipal de Mangaratiba tive um requerimento aprovado por unanimidade, solicitando informações da prefeitura dos seguintes assuntos: Explicações a respeito do pedido de exoneração do secretário de Assuntos Portuários e Estratégicos, como foi noticiado no jornal Rota Verde; esclarecimentos do secretário de Saúde, sobre denúncias, inclusive muito comentada nas redes sociais sobre o acúmulo de cargos e salários; e explicações a respeito do afastamento do vice-prefeito, também outro assunto noticiado no jornal Rota Verde. Essas informações trarão clareza para a câmara e toda a população. Ainda na sessão de hoje, durante meu Tema Livre, discursei no plenário sobre à ausência de respostas para ofícios enviados por mim ao Executivo. Um deles, inclusive já se passaram 22 dias, foi direcionado ao secretário municipal de Administração para que encaminhe ao meu gabinete relatório nominal dos processos de resíduos salariais pendentes na secretaria no período entre 01/03/2011 e a data atual. Outro ofício foi para a Secretaria de Governo para que fosse enviado ao meu gabinete cópia na íntegra do contrato firmado entre a prefeitura e a empresa Cedae. Essa solicitação já dura mais de 50 dias. Também na minha fala, debati o assunto dos professores, das demissões em massa. Enfatizei ser impressionante isso acontecer só depois do pleito eleitoral. Por que não aconteceu antes?, indaguei. Eu, vereador Alan Bombeiro, sinto muito pelo profissional da área da educação e da saúde. Sinto muito por todos os contratados que não têm sido tratados de maneira igual.” (Vereador Alan Bombeiro)

Compra de votos

Decerto, depois ele vai reclamar da justiça eleitoral. Declaração feita pelo próprio futuro candidato a vereador Eugênio Lima, implicando também seu candidato eleito a deputado estadual Jorge Felippe Neto através de uma rede social: “Sabadão e cumprindo promessa de campanha em Mangaratiba! Conforme prometemos junto com Eugenio Lima e Jorge Felippe Neto estamos realizando sonho dos amigos em Itacuruça fazendo o término da colocação de portão em vila na rua João Menino no condomínio João Menino! Junto com amigo João! Isso em tempo real! Pois Mangaratiba Merece Respeito! Cumpriremos todas promessas feitas durante a campanha!”

Dieta

Dizia o escritor Milan Kundera: “Tudo o que é sólido se desmancha no ar”. O PT diminuiu sua bancada na câmara federal de 86 para 70 deputados. Em Pernambuco, onde tinha quatro deputados, não elegeu nenhum. No senado, manteve a bancada de cinco senadores perdendo, no entanto, um nome tradicional do partido, o senador Eduardo Suplicy, que não conseguiu se reeleger. Nos governos estaduais, perdeu o governo do Distrito Federal e também deve perder o governo do Rio Grande do Sul.

O vale tudo da reta final

Em comício realizado em Belo Horizonte no sábado, sem a presença de Dilma Rousseff, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ultrapassou os limites da inconsequência e comandou um show de baixarias e ofensas desmedidas contra Aécio Neves. Foi o ponto mais baixo da campanha até aqui. E não apenas desta campanha: desde 1989 o Brasil não assistia a um festival de ataques como os que o PT hoje protagoniza em uma campanha. Lula não apenas se utiliza das mesmas armas de que foi alvo na campanha contra Collor, como vai ainda mais longe. No comício, o ex-presidente citou o nome de Aécio muito mais que o de Dilma, que se tornou personagem secundário dos discursos. A ordem era atacar, sem tréguas. O ex-presidente também classificou Aécio de “filhinho de papai” e “vingativo”. E o comparou a Fernando Collor. O mesmo Fernando Collor que hoje divide palanques com Dilma. (Fonte: Revista Veja)

Space invaders

Como era esperado, o domingo de sol forte trouxe ao município milhares de visitantes. Ao contrário do início da temporada do ano passado, no entanto, o poder público esteve ausente na repressão e controle às principais irregularidades praticadas. Foram centenas de vans e ônibus invadindo os distritos, churrascadas em áreas públicas e, principalmente, estacionamento em locais indevidos. A imagem abaixo foi captada na praia de Muriqui e postada em uma rede social através da página Rádio Muriqui.Estacionamento Muriqui

19 de outubro de 2014


Frase do dia

Quem disse que ganhar ou perder não importa, provavelmente perdeu. (Martina Navratilova – tenista)

Reta final

No próximo domingo os eleitores brasileiros voltarão às urnas para decidir quem ocupará a Presidência da República e alguns governos estaduais a partir de janeiro de 2015. Pesquisa ISTOÉ/Sensus realizada entre a terça-feira 14 e a sexta-feira 17 mostra a consolidação da liderança de Aécio Neves sobre a petista Dilma Rousseff. De acordo com o levantamento, o tucano soma 56,4% dos votos válidos, contra 43,6% da presidenta. Uma diferença de 12,8 pontos percentuais, que representa cerca de 19,5 milhões de votos. Se fossem considerados os votos totais, Aécio teria 49,7%; Dilma, 38,4%; e 12% dos eleitores ainda se manifestam indecisos ou dispostos a votar em branco. A pesquisa indica que os dois candidatos já são bastante conhecidos pelos eleitores. O índice de conhecimento de Dilma é de 94,4% e de Aécio, de 93,3%. Afirma Ricardo Guedes, diretor do instituto Sensus, que com os candidatos mais conhecidos, a tendência é a de que o voto fique mais consolidado. O levantamento, que ouviu 2.000 eleitores de 24 Estados, revela também a liderança de Aécio Neves quando não é apresentado ao eleitor nenhum candidato. Trata-se da chamada resposta espontânea. Nesse quesito, o tucano foi citado por 48,7% dos entrevistados e a petista, que governa o País desde janeiro de 2011, por 37,8%. (Fonte: Revista Isto É)

Rejeição

Realizada em 136 municípios, a pesquisa ISTOÉ/Sensus também constatou que a campanha petista não conseguiu reduzir o índice de rejeição à candidata Dilma Rousseff. Quase metade do eleitorado, 45,4%, afirma que não admite votar na presidenta de maneira alguma. Com relação ao tucano, segundo o levantamento, a rejeição é de 29,9%. Isso significa que a margem de possibilidade de crescimento da candidata Dilma é menor do que a de Aécio. Os números mostram, segundo a pesquisa, uma forte migração para o senador tucano dos votos que foram dados a Marina Silva no primeiro turno. É uma mudança histórica. O país irá às urnas dividido ao meio entre eleitores da presidente Dilma Rousseff e do senador Aécio Neves, na disputa mais virulenta dos últimos 25 anos. Nunca houve situação igual. Em 1989, na primeira eleição presidencial depois da redemocratização, a disputa entre Fernando Collor e Luiz Inácio Lula da Silva foi igualmente acirrada. Mas não havia a divisão geográfica, entre Norte e Sul, nem a socioeconômica, entre mais ricos e mais pobres, como há agora. (Fonte: Revista Isto É)

O peso do escândalo

O escândalo na Petrobras deve influenciar o voto de quase metade dos eleitores neste segundo turno, segundo pesquisa do instituto Datafolha. Entre os entrevistados, 49% disseram que a denúncia irá influenciar a escolha, sendo que para 30% terá grande influência e para 20%, alguma influência. Outros 43% declararam que as denúncias de corrupção na estatal não vão orientar sua decisão, e 7% não opinaram sobre o assunto. O Datafolha também perguntou aos entrevistados sobre o que sabem do escândalo. Do total, 80% tomaram conhecimento das denúncias e 66% acreditam que elas são verdadeiras. Ou seja: a cada três eleitores, dois dizem que as denúncias do ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa, feitas à Justiça Federal do Paraná, são verdadeiras e acreditam que houve pagamento para partidos políticos na estatal. Uma parcela de 26% não soube responder e 8% acreditam que não houve repasse de recursos.

Continua

Para 64% a presidente Dilma Rousseff, candidata do PT, tem responsabilidade. Destes, 38% acham que ela tem muita responsabilidade, e 26%, acham que tem pouca. Outros 18% eximem a presidente de culpa no caso e 17% preferiram não opinar a respeito. Entre os que declararam voto na candidata do PT, 18% acham que ela tem muita responsabilidade em relação à corrupção na Petrobras e 17% não opinaram. Mais da metade (57%) dos que dizem que votarão em Dilma afirmam que as denúncias não terão influência no voto. Os que declararam preferência por Aécio Neves, do PSDB, 41% dizem que as denúncias envolvendo a Petrobras terão grande influência na decisão e 21% afirmam que terão algum peso. Mas um em cada três eleitores (33%) do tucano diz que as denúncias não terão qualquer influência. A maioria dos entrevistados (68%) avaliou que as denúncias de Costa deveriam ser divulgadas durante a campanha eleitoral, como ocorreu. Outros 19% afirmaram que deveriam ser divulgadas apenas após o segundo turno e 13% não opinaram. (Fonte: Revista Veja)

Revista Época

Os dois primeiros debates do segundo turno, na semana passada, entre Dilma e Aécio, descambaram para o território do vale-tudo, da violência verbal e da desqualificação do adversário, de uma forma como nunca fora registrada nas disputas presidenciais anteriores entre petistas e tucanos. No primeiro debate, na TV Bandeirantes, ao se referir ao escândalo de corrupção na Petrobras, Aécio falou em “mar de lama”, uma evocação, talvez involuntária, mas funesta, das denúncias de Carlos Lacerda que levaram ao suicídio do presidente Getúlio Vargas, em 1954. No debate do SBT, Dilma insinuou que Aécio estava “drogado” ou “bêbado”, ao mencionar um episódio de 2011, em que, detido numa blitz de trânsito no Rio de Janeiro, ele se recusou a se submeter ao bafômetro.

Revista Época II

O conflito é a essência da prática política. Numa democracia, a disputa pelo poder entre grupos concorrentes passa pelo debate de ideias antagônicas sobre como governar melhor. Mas tem também uma dimensão moral, que se resume na seguinte ideia: um lado está certo, o outro está errado. Essa dimensão moral da política é menos permeada pela razão que pelos sentimentos. Eles se manifestam, muitas vezes, como indignação, raiva e até ódio. Somados, viram intolerância. Quando a intolerância subjuga o argumento, resta apenas o bate-boca. Quando dois candidatos à Presidência da República se entregam a um bate-boca em que a disputa eleitoral vira uma competição para ver quem desqualifica mais o outro, há dois problemas. Primeiro, os líderes políticos deixam de exercer seu papel educador. Segundo, sobram como lastro da disputa política as mágoas e os ressentimentos. Eles explodiram como nunca nesta eleição. Têm desfeito sociedades, separado amigos e dividido famílias. (Trecho da reportagem de capa de ÉPOCA desta semana)

18 de outubro de 2014


Frase do dia

Eu vou à luta é com essa juventude, que não corre da raia a troco de nada. Eu vou no bloco dessa mocidade, que não tá na saudade e constrói a manhã desejada. (E Vamos à luta – Gonzaguinha)

Assunto do dia

Na manhã dessa sexta-feira não se falou de outro assunto nos diversos distritos de Mangaratiba, a decisão do Tribunal Superior Eleitoral que, por sete votos a zero, inocentou a deputada Andréia Busatto das acusações que lhe tinham sido feitas quanto a irregularidades na campanha eleitoral de 2010 e, como consequência, lhe devolveu o mandato de deputada estadual. Perdem espaço todos aqueles que se afastaram da deputada e apostaram que ela não conseguiria. Além do mais, agora embaralhou o jogo das eleições locais em 2016.

Chegando o verão

Já faz quase dois anos que o governo Luciano Mota assumiu a cidade de Itaguaí. Assumiu também todos os aparelhos de ar condicionado adquiridos no fim do governo Charlinho. A promessa de todas as salas de aulas estava virando realidade. Era o fim da era ventilador de parede. Itaguaí é uma cidade portuária e rica. Salas de aulas climatizadas seria um marco, mas entrou governo Luciano Mota PSDB e tudo parou, com promessa de auditoria tudo ficou parado, menos os aparelhos de ar condicionado do Prefeito e de todos os secretários e da câmara também sempre funcionou a pleno gelo no verão 40 graus do RJ. O tempo passou nenhuma auditoria aconteceu nem se quer satisfação foi dada. Diante das criticas feitas na rede social a PMI emitiu nota dizendo que havia entrado em contato com a Light que diz não fazer o serviço e colocar os parelhos em funcionamento. O tempo passou. O verão já é sentido nas salas de aulas da rede Municipal. O pior, os aparelhos já apresentam ninhos de pássaros e outros ninhos de insetos. Outros ainda nem se quer foram instalados e perecem em lugar inadequado. Dentro de algum tempo estarão defasados. Outros aparelhos, mais antigos, estão em péssimo estado de funcionamento em secretarias e outros setores. Estão sem manutenção, com filtro sujo, colocando o ar do ambiente em risco. Filtro sujo dissemina bactérias. Alguns funcionários preferem não ligar o ar e sim abrir as janelas. Gostaria de convidar todos os vereadores que disseram “não” e todos que defendem esse governo obscuro, injusto e incapaz a passar uma maravilhosa manhã e tarde em uma sala de aula da rede municipal no fantástico calor de 42 graus do RJ e assistam de perto a realidade do governo Luciano Mota PSDB. (Do blog Boca no trombone)

HMVSB

Hospital de Mangaratiba, muito obrigada. Você quase acabou com a minha vida. Desde sábado pela manhã até segunda-feira fui ao hospital exatas cinco vezes. Fui atendida por cinco médicos diferentes, que me faziam as mesmas perguntas e me passavam os mesmos remédios para infecção intestinal e me mandavam para casa e eu, morrendo de dor, voltava ao hospital. Graças a Deus eu tenho pai e mãe e pude ser atendida com dignidade em um hospital particular do Rio de Janeiro, pois tenho plano de saúde. Se não fosse isso, estaria debaixo de sete palmos. (Érika Martins – via facebook)

Pega na mentira

O Tribunal de Contas de Minas Gerais divulgou duas notas na última quarta-feira que mostram que a presidente Dilma Rousseff mentiu no debate realizado um dia antes pela Rede Bandeirantes. Com o já consagrado procedimento de mentir ou distorcer, a candidata petista à reeleição disse que o Tribunal de Contas do Estado teria atestado que Aécio não investiu o mínimo obrigatório em saúde. O Tribunal confirma que o governo Aécio Neves (2003 a 2010) teve suas contas aprovadas e que foram investidos o que a Constituição brasileira estabelece para Educação e Saúde. O Tribunal esclareceu ainda que na gestão de Antonio Anastasia (2010 a 2014), após a votação da emenda 29, o governo do Estado fez um Termo de Ajustamento de Gestão preventivo, que não veio a ser utilizado, uma vez que o Estado cumpriu o percentual previsto nos novos moldes definidos pela emenda 29. Vale ressaltar que as contas do governo Anastasia também foram aprovadas após comprovação de cumprimento de todos os percentuais de investimentos previstos pela Constituição.

Tatibitate

Está explicado o motivo de Dilma Roussef gaguejar ou tropeçar nas palavras quando respondendo às perguntas nos debates. Ela usa um “ponto eletrônico” que lhe possibilita ouvir seus assessores e marqueteiros sobre qual a melhor resposta.

Comentário de uma leitora

Eu não queria comentar mais nada sobre esta eleição, mas não dá para resistir ver e ouvir a presidente, visivelmente repetindo o que se fala no pé do ouvido. Ela até erra as palavras que não escutou direito.Desculpe os dilmistas, mas está “brabo”!

Ecos no mundo

A nova edição da revista britânica The Economist, a bíblia econômica de empresários e investidores globais, defende a eleição de Aécio Neves, candidato do PSDB. Numa reportagem de capa ilustrada pela cantora e atriz Carmem Miranda com um ar desapontado, e num editorial intitulado Por que o Brasil precisa mudar, a Economist, diz que os eleitores do país deveriam abandonar Dilma e eleger Aécio Neves à Presidência da República. Depois de ter publicado uma capa sobre o país com o Cristo Redentor decolando em direção ao espaço sideral, em 2009, a revista adotou uma posição mais crítica em relação ao país. No início do ano passado, ela voltou a publicar uma capa sobre o país, desta vez ilustrada pelo mesmo Cristo Redentor, só que, desta vez, o Cristo deixava um rastro ao fazer uma curva no céu em direção ao solo, simbolizando a queda dramática do crescimento ocorrida no governo. Em dezembro de 2012, a Economist ampliou as críticas, ao pedir a demissão do ministro Guido Mantega, da Fazenda, por sua gestão incompetente da política econômica do país, provocando arroubos nacionalistas de Dilma e da tropa de choque do PT. Agora, a revista volta à carga, defendendo que os eleitores a defenestrem nas urnas.

Reflexo

A posição da Economist reflete, em boa medida, a perda de credibilidade do Brasil, depois de um período em que a mídia adotou uma atitude de deslumbrando com o governo Lula, o metalúrgico pobre que virou presidente e conquistou corações e mentes de todas as colorações ideológicas pelo mundo afora. Com a paradeira da economia, a perda de confiança dos empresários no governo, a mudança de regras no meio do jogo, o intervencionismo excessivo no mercado e um voluntarismo capaz de assustar os investidores internacionais, o atual governo perdeu a capacidade de colocar o Brasil de volta nos trilhos. “A maior ameaça aos programas sociais no país é a forma como o PT hoje conduz a economia”, diz o texto. “O Brasil precisa de crescimento e de um governo melhor. Aécio é quem tem mais condições de fazê-lo.” (Blog do Fucs – revista Época)

Ação e reação

Aécio se preparou para as velhas mentiras do PT. Dilma acrescentou novas. Aécio detonou as velhas. Aécio amorteceu as novas. Para o próximo debate, Aécio estará preparado para as mentiras de Dilma, mas tem de prever e se preparar para reagir melhor às futuras novas. O resto é o óbvio: tem de atacar mais, detonar mais, desmascarar mais e intensificar tudo isso no programa eleitoral na TV, com infográficos, dramatizações e demais métodos simplificadores, demonstrando que o governo Dilma é um desastre repleto de corrupção e que o PT mente sobre Aécio. (Reinaldo Azevedo – revista Veja)

17 de outubro de 2014


Frase do dia

O sorriso custa menos que a eletricidade e dá mais luz. (Provérbio escocês)

É verdade

Durante toda a campanha eleitoral de 2012 para a prefeitura de Mangaratiba, a atual gestão municipal explorou o fato de a candidata Andréia Busatto ter sido cassada. Era mentira, vez que o processo em questão ainda estava tramitando. Ontem, na sessão plenária do Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília, esse processo foi julgado em última instância, e ela foi absolvida. Voltará a exercer seu mandato, mesmo que por parcos três meses, mas comprovou ter seu nome limpo.

A decisão no TSE

Origem: RIO DE JANEIRO-RJ
Resumo: AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL – ABUSO – DE PODER ECONÔMICO – DE PODER POLÍTICO / AUTORIDADE – USO INDEVIDO DE MEIO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL – DEPUTADO ESTADUAL
Decisão: O Tribunal, por unanimidade, não conheceu do segundo recurso interposto por Marcelo dos Santos Godinho e deu provimento aos demais, nos termos do voto da Relatora. Votaram com a Relatora os Ministros Henrique Neves da Silva, Luciana Lóssio, Gilmar Mendes, Rosa Weber, João Otávio de Noronha e Dias Toffoli (Presidente). Registrada a presença do Dr. Bruno Calfat, advogado da recorrente Andreia Cristina Marcello Busatto. Suspeição do Ministro Luiz Fux.

A propósito

A justiça eleitoral precisa repensar seus métodos processos e tempos. Esse julgamento, que demorou dois anos para acontecer, custou à deputada bem mais que uma eleição para a prefeitura de Mangaratiba. Custou, também, cerca de dezoito meses de seu mandato como deputada estadual, conferido pelo povo, bem como a possibilidade de se candidatar à reeleição agora em 2014. Ao fim e ao cabo, nada se sustentou e ela teve seu recurso provido pela mais alta corte da justiça eleitoral atestando que não houvera qualquer irregularidade em sua atuação política.

Primeiras palavras

O direto que haviam me tirado indevidamente, hoje retornou a mim com toda legitimidade da verdade e da justiça! Obrigada a todos que nunca deixaram de acreditar que esse momento chegaria! (Andréia Busatto)

Clube dos quinhentos

Corre a informação de que o prefeito Capixaba efetivamente cumpriu a determinação do Ministério Público e demitiu cerca de quinhentos contratados pela prefeitura e que, ontem de manhã se reuniu com os vereadores para explicar a decisão.

Descaso

Desabafo de uma leitora e moradora do distrito: “Hoje senti na pele o descaso e a falta de amor ao próximo. Minha mãe tem 85 anos e tem Alzheimer. Moro no prédio lilás em Itacuruçá, em frente ao posto do médico de família. Sentei com ela enfrente ao meu prédio. Ela foi de andador. Ficamos umas 2 horas. Tudo parecia bem, quando falei que estava na hora de entrar ela não conseguia se levantar. Tentei convencê-la e ela só dizia pra buscar ajuda. Fui até o PSF, perguntei se tinha algum homem pra me ajudar. Como não tinha, nenhuma das agentes se dispuseram a ir ver o que podiam fazer. A tv era mais importante. Liguei pro meu neto de 14 anos e ele e o amigo a colocaram na cadeira de rodas e subiram 2 degraus pra coloca-la na cama. Em nenhum momento nenhuma agente de saúde chegou até a porta do PSF pra ver o que estava acontecendo. E se a minha mãe estivesse infartando? Me senti muito mal. Só Jesus pra nos ajudar. A falta de comprometimento profissional está em todos os locais, só não esperava que estivesse tão próximo.”

Mudanças na saúde

Depois das denúncias de que o secretário de saúde cumpria jornada tripla de trabalho como secretário, como médico do quadro municipal e como médico particular, correm notícias de que ele, finalmente, foi exonerado do cargo, assumindo em seu lugar o dr. Marcelo Barbosa, cirurgião, ex-diretor do hospital de Itaguaí. Com a mudança, também caíram o dr. Davi e a sra Ana Paula. Na contramão, quem volta para o HMVSB é o dr. Sérgio Garrido.

Vale tudo

A juíza coordenadora da fiscalização do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio (TRE-RJ), Daniela Barboza Assumpção de Souza, constatou que a Igreja Universal do Reino de Deus e as emissoras de TV Record e CNT estão fazendo campanha para o candidato Crivella. Num despacho de 13 páginas, em que apresenta provas e documentos, a juíza estipula multa diária de R$ 500 mil por infração e afirma que a propaganda pode gerar abuso de poder. (Ancelmo Góis)

Vale tudo II

Anteontem a presidente Dilma assinou uma Medida Provisória, de número 657 que deixa a investigação dos escândalos da Petrobras e outros que possam aparecer apenas aos delegados e não a todos os Agentes da Polícia Federal. É mais fácil o governo controlar um único cargo que se sujeitará a tudo por conta de cargos dentro e fora da Policia Federal. Estamos na reta final da campanha eleitoral, e da noite para o dia surge uma Medida Provisória que quer dar plenos poderes aos delegados pararem ou não uma investigação.

Pérolas políticas

Sem fazer juízo de valor, vale a pena registrar esse “achado” do pastor Silas Malafaia, adversário ferrenho do PT e da candidata Dilma Roussef divulgado em vídeo através do facebook: “O diabo inventou a mentira. Dilma e o PT a aperfeiçoou.”

Projeto de lei

Sugere um internauta: “Que tal aprovar uma lei federal que estabeleça que institutos de pesquisa que influenciam o processo eleitoral durante suas pesquisas, sejam punidos após o resultado das urnas quando errarem em mais pontos percentuais do que diziam prever suas margens de erro?”

Capataz

Informe reservado denominado “Mensagem Direta de Inteligência” ao ministro Celso Amorim atestou que a ditadura cubana infiltrou militares no programa Mais Médicos. A descoberta foi da Base de Administração e Apoio do Ibirapuera, do Comando Militar do Sudeste, em São Paulo, que recebe gente do Mais Médicos. Ouvido, um suspeito confessou ser capitão do Exército cubano, e que não está sozinho. Militares brasileiros desconfiaram do “médico” por seus hábitos de caserna (cama sempre arrumada, por exemplo). Era o capitão cubano. A infiltração de militares no Mais Médicos repercutiu na Câmara. O deputado Jair Bolsonaro quer convocar Amorim a se explicar. Bolsonaro avisa que não adianta Celso Amorim negar a existência do informe reservado que lhe foi enviado: ele obteve cópia do documento. (Fonte: Diário do poder)

Vale tudo III

A secretária do Comitê Central de Campanha da deputada federal gaúcha e ex-ministra da Secretaria Nacional dos Direitos Humanos Maria do Rosário aparece num telefonema gravado informando a uma beneficiária do Bolsa Família que o programa será extinto caso o PT perca as eleições para seus adversários no segundo turno. A gravação foi obtida com exclusividade pelo jornalista Vitor Vieira e divulgada em primeira mão na madrugada desta quinta-feira .